sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Quatro Coisas Que Devemos Saber

"[...] Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade [...]" (Eclesiastes 3:11)

Há quatro coisas que devemos saber sobre cada ser humano sobre a face da Terra. Não importa como ele seja bem sucedido, como ele seja famoso, como seja belo; ou, seja pouco atraente e simples. Todos compartilham quatro traços:

1º) Um vazio essencial em cada pessoa que ainda não chegou a Cristo. Todo o mundo é essencialmente vazio. Não importa quanto dinheiro ou prestígio alguém tenha, todo o mundo tem que lidar com esse vazio.
A Escritura diz que Deus fez a Sua criação sujeita à vaidade ou a um vazio; ou seja: há um vazio, um buraco dentro de cada homem, mulher e criança.

2º) As pessoas são solitárias. Podemos supor que há uma sensação de solidão em cada indivíduo. Albert Einstein uma vez escreveu: "É estranho ser tão universalmente conhecido e ainda ser tão solitário." As pessoas são solitárias. 

3º) As pessoas têm um sentimento de culpa. Elas podem tentar mascará-lo com álcool ou com um psicólogo ou psiquiatra que lhes diga que essa culpa não está lá. Mas elas têm que lidar com a culpa sobre as coisas que fizeram de errado.
O diretor de uma instituição para doentes mentais, em Londres, uma vez disse: "Eu poderia liberar metade dos meus pacientes se eu pudesse encontrar uma maneira de aliviar-lhes o seu sentimento de culpa."

4º) As pessoas têm medo de morrer. Alguns podem se gabar por aí e dizer: "Eu não. Eu não tenho medo de morrer." Mas têm.

Portanto, não se deixem intimidar pelas fachadas que as pessoas mantém e assumam que elas não querem ouvir o que você tem a dizer sobre a sua fé em Cristo.

Lembre-se, você já foi uma dessas pessoas. Eu também já fui uma dessas pessoas.
E, mesmo assim, nós respondemos ao evangelho. O mesmo acontecerá com elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário