segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

A Pescaria

"E disse Jesus: 'Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens'." (Mateus 4:19)

Embora eu não seja um grande e experiente pescador, já saí para pesacar algumas vezes na vida. Aprendi que é preciso usar diferentes tipos de isca para diferentes tipos de situações, porque diferentes tipos de isca são necessárias para fisgar diferentes tipos de peixes.

Da mesma forma, para compartilhar o evangelho, temos que estar atentos aos diferentes aspectos da situação de uma pessoa.

Para alguém que está cheio de angústia, podemos falar sobre a paz que Deus pode trazer. Se estamos falando com alguém em seu leito de morte, abordaremos o tema da morte e da certeza do céu para aqueles que depositam a sua fé em Cristo. Outra pessoa pode estar atormentada pela culpa pessoal, onde poderíamos falar-lhe sobre a oferta do completo perdão de Deus.

Podemos dizer que se trata de vários tipos de isca, para conduzir alguém a uma decisão por Cristo. Como exemplo, podemos olhar para Jesus (o comunicador mestre) que nunca lidou com duas pessoas da mesma maneira.

Havia a mulher no poço que tinha passado a vida tentando preencher o vazio em sua vida, com relacionamentos com homens. Para ela, Jesus falou-lhe de sua sede espiritual profunda.

Em seguida, teve aquele homem que era um especialista em teologia e um grande intelectual. Com ele, Jesus falou em termos quase infantis quando Ele lhe disse: "Você precisa nascer de novo."

Jesus adaptava-se à situação deles e apropriadamente aplicava a verdade da Palavra de Deus.

Jesus tinha tempo para as multidões, mas também tinha tempo para o indivíduo. Temos de aprender com Ele a ter o tempo certo e a palavra certa para as várias situações pelas quais nos deparamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário