quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Por Que a Cruz?

"Aproximando-se o tempo em que seria elevado ao céu, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém." (Lucas 9:51)

Por que Jesus teve que morrer? Por que a cruz? Por que Deus não poderia simplesmente dizer: "Olha, eu sei que vocês têm pecado contra mim. Está tudo bem. Não se preocupem. Todos vocês estão perdoados."

A resposta é que as coisas não funcionam com a nossa natureza e o nosso caráter.

Deus é absolutamente justo. E a justiça de Deus exige que nossos pecados sejam pagos. Ele não podia aceitar-nos em comunhão com Ele, a menos que a pena fosse paga.

Como se pode ver, a cruz demonstra a justiça de Deus. Na cruz do Calvário, o amor e a justiça de Deus se encontraram. Jesus tinha que ir para a cruz, porque a humanidade é pecadora e não havia outra maneira de preencher a lacuna entre um Deus justo e santo e uma humanidade pecadora.

A cruz era o objetivo da vinda de Jesus e foi o Seu destino desde sempre. Ele falava a respeito disso frequentemente.

Então não pense que a cruz foi um acidente ou um erro. Não pense que Jesus não sabia o que lhe aguardava.

Jesus, sendo Deus, tinha presciência completa. Ele estava preparado para a cruz. Ele sabia da dor cruel e horrenda que Lhe aguardava. Na verdade, as Escrituras nos dizem: "[...] Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém" (Lucas 9:51). Ele não deixaria nada nem ninguém impedi-lo.

Deus disse: "Minhas justas exigências devem ser atendidas. Mas eu amo a humanidade. E não há nada que eles podem fazer por conta própria. Então eu tenho que ajudá-los. Eu devo ajudá-los."
Por isso Deus enviou Seu Filho unigênito para preencher a lacuna.

Jesus veio a esta terra para resgatar de volta o que foi perdido no Jardim do Éden.

Nenhum comentário:

Postar um comentário