segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Por Que Um Homem?

"[...] era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos [...]" (Hebreus 2:17)

Jesus trocou o trono celestial por uma manjedoura. Ele saiu da presença dos anjos e foi para um estábulo cheio de animais. 

Ele, que era maior do que o universo se tornou um embrião. Aquele que sustenta o mundo com uma palavra escolheu depender da alimentação de uma jovem mulher. O Todo-Poderoso apareceu na Terra como um bebê humano indefeso, incapaz de fazer qualquer coisa, somente olhar, mexer e fazer ruídos. Ele precisava ser alimentado, é claro, e aprendeu a falar como qualquer outra criança. 

Quanto mais você pensa sobre isso, mais claro fica: que Deus se tornou homem, que Deus se tornou um bebê. 

Quando você para e pensa sobre esse assunto, vê que de nenhum outro modo teria alcançado o objetivo. Ele poderia ter aparecido como um homem adulto e ter dito: "Eis-me aqui. Cheguei." Mas se Ele fizesse dessa forma, Ele pareceria inacessível. Ele não se pareceria humano. Seria difícil para nós acreditar que Ele era um homem como nós. 

Deus escolheu o caminho certo e ainda o caminho lógico. Jesus tinha que ser realmente um homem, viver, sofrer e ser tentado como homem entre as pessoas na Terra. Desta forma, podemos saber que Ele entende as nossas provações (ver Hebreus 2:17-18). 

Então, da próxima vez que você se sentir cansado, com fome, com sede ou solitário, lembre-se que você tem um Deus que sabe exatamente o que é isto pode se colocar perfeitamente em seu lugar. Ele é o único que pode verdadeiramente dizer que conhece as nossas dores e as compreende. 

Ninguém mais pode dizer isso com tamanha precisão. Só Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário