segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Uma Lembrança Permanente

"Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! [...]" (Lucas 24:39)

Com o que será que se parecia o corpo ressurreto de Jesus? A Bíblia nos diz que após a cruel tortura,  após a cruel crucificação pelas quais passou Jesus e pelos três dias em que ficou na tumba, Ele podia ser reconhecido. Seus seguidores sabiam quem Ele era.

Sabemos que ele tinha um corpo de carne e osso. Jesus falou aos discípulos, “Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho” (Lucas 24:39).

Também sabemos que Jesus se alimentava como nós. Imaginem a surpresa dos discípulos quando o Senhor Ressurreto apareceu a eles e disse “Vocês têm alguma comida?”.

“O quê!?” eles devem ter pensado. Mas eles deram a Jesus um pedaço de peixe assado, e Ele comeu. (ver Lucas 24:41-43)

Seu corpo ressurreto também poderia ser tocado e sentido. Enquanto as mulheres retornavam de Sua tumba vazia, “De repente, Jesus as encontrou e disse: 'Salve!' Elas se aproximaram dele, abraçaram-lhe os pés e o adoraram”. (Mateus 28:9)

Então, quando Jesus apareceu aos discípulos no local onde costumavam se reunir, disse a Tomé: "Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia". (João 20:27)

Isto nos mostra que em Seu corpo ressurreto, Jesus permanecia com as marcas da crucificação. E ele vai permanecer com essas marcas por toda a eternidade (ver Zacarias 12:10)

Acredito que isso tudo aconteceu para nos lembrar de como podemos chegar lá. Não estaremos nos céus devido às nossas boas obras. Estaremos nos céus devido ao Seu sangue derramado, devido aos pregos que atravessaram Suas mãos e pés em nosso favor.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário