sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Devemos Lembrar

"E, tendo dado graças, partiu-o e disse: 'Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim'. Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o cálice e disse: 'Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto, sempre que o beberem, em memória de mim'. Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha."  (1 Coríntios 11:24-26)

Quando observamos a Comunhão que Paulo descreve em 1 Coríntios 11:23-30, na mesa da última ceia, há três coisas que devemos lembrar:

Primeiro, devemos olhar para trás. Participamos da comunhão em memória de Cristo (versículo 24). Além do significado de comunhão em si, ela também fala de intimidade e amizade. Então olhamos para trás. Olhamos para a cruz. Lembramos o que Cristo fez por nós. E somos lembrados do Seu amor por nós.

Segundo, devemos olhar para frente. As Escrituras dizem para fazermos isso "até que ele venha" (versículo 26). A primeira vez que Jesus veio à terra, veio como o servo sofredor. Da próxima vez ele virá como Rei. A Comunhão também nos lembra que Jesus virá novamente.

Terceiro, devemos olhar para nós mesmos. Devemos pedir ao Espírito Santo que nos mostre as áreas das nossas vidas que não agradam a Deus (versículo 28). Quando conhecemos essas áreas, nos arrependemos dos pecados produzidos por elas. Não fazer isso e ainda fazer parte da Comunhão é o mesmo que beber veneno ao invés do vinho. É beber para sua própria condenação, sem discernir o corpo do Senhor (versículo 29).

Então venha à mesa da Comunhão com alegria. Venha com reverência, venha com honestidade.

Se há alguma coisa em sua vida que não está certa, é hora de corrigir isso. A Comunhão é o momento ideal de fazer-se um compromisso (ou renová-lo) com Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário