terça-feira, 1 de julho de 2014

Quando Vêm as Tempestades


"Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados." (Hebreus 12:11)

No final de Mateus 7, Jesus contou a história de dois homens que haviam construído dois tipos de casa. Uma foi erguida sobre uma boa fundação de rocha enquanto a outra foi erguida sobre uma fundação ruim de areia.


Então Jesus descreveu uma tempestade que veio e se abateu sobre ambas as casas. A que fora erguida sobre a areia ruiu, enquanto a que fora erguida sobre a rocha permaneceu firme.

Jesus concluiu dizendo que o homem que edificou sobre a rocha é o que ouve a Palavra de Deus e a obedece. Disse também que o homem que edificou a sua casa sobre a areia é o que ouve a Palavra de Deus e não a obedece.

Mas uma outra coisa que vejo neste ensinamento de Jesus é que a tempestade atingiu ambas as casas. Todas as vidas e todas as pessoas experimentam dificuldades.

A questão, porém, é: como você vai reagir quando as tempestades da vida aparecerem? Elas vão destruí-lo ou fortalecê-lo? Elas vão melhorar ou amargurar você?

Eis as boas novas para os cristãos: sabemos que seja lá o que for que venha a acontecer em nossas vidas, terá primeiro que passar pela cerca protetora do amor de Deus. Em outras palavras: Deus não deixa nada acontecer na vida do crente sem que Ele esteja plenamente ciente.

Como costumo dizer: a palavra "ops!" não está no vocabulário de Deus. Ele está inteiramente no controle de todas as circunstâncias que cercam as vidas do Seu povo.

Então, quando as dificuldades vierem, saibamos que Deus as permitiu com algum propósito.
Ele tem sempre algum plano em mente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário