terça-feira, 22 de julho de 2014

Jogar no Ataque

"Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas." (2 Coríntios 10:3-4)

A espada do Espírito, falada em Efésios 6, não serve só para desviar um golpe do inimigo; é também para desferir golpes. Isso é algo que o diabo não quer que você saiba.

Ele não quer que você comece atacando, porque se você estiver sempre se defendendo somente, ele estará numa posição superior. Mas se você estiver atacando, você é que estará em posição superior.

Portanto, não apenas devemos usar a espada do Espírito para nos defender contra as tentações e condenações do inimigo, mas devemos também usa-la para atacar.

Em Atos 8, encontramos esse modelo na vida de Felipe, ao compartilhar o evangelho com um homem que tinha vindo da Etiópia e estava à procura de Deus. Felipe estava evangelizando em Samaria e as pessoas estavam chegando à fé. Mas então Deus lhe disse: "Vá para o sul." E Felipe, como um bom soldado preparado para a batalha, foi. Ele puxou a espada do Espírito: a Palavra de Deus.

Felipe pregou sobre Jesus a esse homem, porque ele conhecia a Palavra de Deus e foi capaz de usá-la no momento certo.

Não se enganem: há autoridade e poder na Palavra de Deus. Minhas palavras desaparecem, mas a palavra de Deus penetra e perfura.

Poderíamos passar o dia todo tentando defender e explicar a Bíblia, mas eu tenho uma ideia melhor: use a espada do Espírito. Isso é o que Felipe fez, e é isso que precisamos fazer também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário