quinta-feira, 31 de julho de 2014

De Volta ao Primeiro Amor

"Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar." (Apocalipse 2:5)

Você lembra como era quando se apaixonou pela primeira vez? Lembra de como sempre queria causar uma ótima impressão?

Você queria vestir as melhores roupas, os melhores calçados, agir da melhor maneira. Onde quer que fosse, as pessoas podiam ver vocês de mãos dadas e se olhando nos olhos. Depois vinham os pequenos mimos e agrados, que eram dados com frequência só pra lembrar do quanto vocês se amavam.

O que une um casal é o desejo por companhia, intimidade, honestidade. Muitas vezes, isso se transforma em casamento, que é algo maravilhoso. Porém há momentos em que o casamento se transforma simplesmente em rotina e mesmice. E isso pode tornar-se perigoso.

Um casamento torna-se uma união mais sóbria e séria porque o tornamos assim. O romance só é mantido vivo quando fazemos um esforço consciente para isso. Dentro de um casamento, romance é algo que é mantido vivo quando tomamos as atitudes necessárias não só para manter o casamento firme, mas também vibrante e alegre.

A relação de um cristão com Deus é semelhante a isso. O "romance" que temos com Deus é muito mais do que um sentimento ou emoção. Nosso relacionamento com Deus envolve fazer continuamente as coisas que nos manterão fortes espiritualmente.

- Seu relacionamento com Deus caiu na mesmice?
Se sim, dê os passos necessários para voltar ao seu primeiro amor - o amor a Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário