quarta-feira, 18 de junho de 2014

O Oitavo Mandamento

"Não furtarás." (Êxodo 20:15)

Roubar tornou-se um problema tão frequente em nossa sociedade, que agora é um comportamento comum. Estamos tão acostumados com pessoas roubando à nossa volta, que nem sequer cogitamos mais em deixar nossos carros ou casas abertos.

Pessoas arrombam carros e invadem casas. Se você acidentalmente deixar a sua carteira ou bolsa em algum lugar, provavelmente não a terá de volta.

Roubar é tão gritante em nossos dias que ficamos chocados quando vemos alguém sendo honesto. É uma qualidade rara hoje em dia.

No entanto, a tentação de roubar é constante. Quando você vende a sua casa ou o carro, é tentador inflar o preço um pouco. Quando você recebe troco a mais, a tentação é ficar com ele.
Mas Deus diz que devemos viver vidas honestas.

Efésios 4:28 diz: "O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade." A ideia neste versículo não é simplesmente deixar de fazer o que é errado (roubar), mas começar a fazer o que é certo.

Além disso, em 2 Tessalonicenses 3:10-12, lemos: "Quando ainda estávamos com vocês, nós lhes ordenamos isto: se alguém não quiser trabalhar, também não coma. Pois ouvimos que alguns de vocês estão ociosos; não trabalham, mas andam se intrometendo na vida alheia. A tais pessoas ordenamos e exortamos no Senhor Jesus Cristo que trabalhem tranquilamente e comam o seu próprio pão.

Saiba que Deus vai honrar a pessoa que honra os princípios das Escrituras. A Bíblia diz: "Não roubarás", e isso significa exatamente o que ela diz. Se você rouba, é um insensato e a sua vida espiritual irá refletir as consequências dos seus atos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário