segunda-feira, 7 de abril de 2014

Proclamando a Mensagem

"Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: 'Como são belos os pés dos que anunciam boas novas!'" (Romanos 10:14-15)

No Grego original, a pergunta de Romanos 10:14 é traduzida como "Como ouvirão sem o que proclama?". A tradução da Nova Versão Internacional coloca desta forma: "E como ouvirão, se não houver quem pregue?". Vemos a ênfase não no pregador, mas na pregação em si.

Podemos pensar que o trabalho de evangelizar é somente para aqueles que são chamados para serem evangelistas. De fato, há pessoas entre os cristãos que Deus forjou para serem evangelistas e tenho visto muitos cristãos com esse dom. Mas, certamente, o evangelismo não está limitado somente àqueles que pregam a milhares e milhares de uma só vez. 

Assim como é verdade que alguns são chamados para serem evangelistas, também é verdade que todo cristão é chamado para evangelizar. Muitas vezes porém, evitamos compartilhar a nossa fé, decidindo somente vivê-la, ser uma testemunha viva e deixar a pregação para outros.

Porém 1 Coríntios 1:21 diz "Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que crêem por meio da loucura da pregação."

Isso não significa que temos que berrar e gritar, apontando uma Bíblia para as pessoas para sermos entendidos. Significa reconhecer que a principal forma que Deus escolheu para a mensagem do Evangelho chegar aos perdidos é através da pregação - por pessoas. Deus escolheu o anúncio da Sua Palavra para trazer as pessoas à salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário