terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Verdadeira Conversão

"Se, tendo escapado das contaminações do mundo por meio do conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, encontram-se novamente nelas enredados e por elas dominados, estão em pior estado do que no princípio." (2 Pedro 2:20)

Às vezes ouvimos sobre pessoas famosas que afirmam ter assumido um compromisso com Jesus Cristo. Muitas vezes isso ocorre em torno do período das eleições. Tais pessoas, quando se dirigem aos cristãos, mencionam sua grande fé em Deus. Depois das eleições, raramente as ouvimos falar sobre isso novamente.

Também há aquelas pessoas que se dizem crentes, mas que depois de um ou dois meses, retornam aos seus velhos hábitos. Elas dizem: "O cristianismo não funcionou muito bem para mim." O que ocorre na verdade, é que elas nunca encontraram Cristo realmente.

Outras ainda se voltarão para Deus nos tempos difíceis. Algum tempo depois, todavia, retomam aos seus velhos hábitos e a gente não entende bem o que aconteceu. O que eu acho é que muitas dessas pessoas nunca tiveram uma conversão completa. Elas participaram dos movimentos, mas Jesus Cristo nunca se tornou parte das suas vidas. Muitas vezes, elas acabam num estado pior do que antes.

Quando Jesus Cristo verdadeiramente entra em nossa vida, Ele faz morada. E Ele não apenas faz uma faxina básica. Ele faz algo minucioso, uma mudança real. Quando uma casa é só varrida, ou seja, quando alguém faz apenas mudanças morais, ainda é vulnerável ao inimigo. É por isso que devemos reconhecer a inutilidade de simplesmente virar uma nova página ou fazer algumas promessas de ano novo. Devemos entender que o problema é mais profundo do que os nossos pecados morais. Devemos chegar ao cerne da questão e ter Jesus Cristo com residente em nossas vidas nos mudando de dentro para fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário