segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Sem Saída

"Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam." (Tiago 1:12)

Martinho Lutero disse: "Um cristão que tenha sido tentado tem mais valor do que milhares que ainda não foram". A tentação é um assunto que nos é familiar. Nenhum de nós gosta dela, mas ela é uma realidade na vida Cristã. Não há dúvidas de que preferiríamos não ter que passar por isso, mas é surpreendente saber que testes - até mesmo tentações - podem ter um efeito positivo na vida de um Cristão.

Como se diz: "Cristãos são como saquinhos de chá. Você não sabe do que são feitos até que você os coloque em água quente". É nessa "água  quente" de testes e tentações que descobrimos do que realmente somos feitos.

Todo mundo enfrenta tentações na vida. Assim como Tiago 1:13 fala: "Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: 'Estou sendo tentado por Deus'. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta." Esse versículo não fala sobre se alguém é tentado, mas quando. Tentação é inevitável. Não há como fugir dela.

A palavra "tentar" significa "estimular a fazer algo errado para receber ganho ou algo prazeroso em troca". Devemos entender que não é pecado ser tentado. Afinal de contas, Jesus foi tentado, Paulo também. Pecado é quando cedemos à tentação.

Não podemos subestimar o poder sedutor da tentação. Cometemos um grande erro quando dizemos: "posso lidar com isso". São palavras equivocadas, porque mesmo os Cristãos mais fortes são vulneráveis aos encantos do diabo. Mesmo aqueles que andam com Deus há anos, são ainda suscetíveis aos ataques do inimigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário