terça-feira, 3 de dezembro de 2013

As Estratégias do Inimigo

Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo. (1 João 2:16)

Há alguns anos atrás fiz uma viagem para o Alasca para pescar salmão. Num certo local do rio, usamos ovos brilhantes de salmão como isca. Em outro lugar, usamos um outro tipo de isca.

Da mesma forma, o inimigo usa diferentes tipos de iscas para nos atrair. E ele trabalha em nossa tentação com dois aliados próximos : o mundo e a carne. Toda tentação cai numa destas três categorias: o mundo, a carne e o inimigo.

A Bíblia diz: "Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo" (1 João 2:16). Quando Eva foi tentada pelo diabo na Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal, ela enfrentou todas as três. "Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também" (Gênesis 3:6).

A cobiça da carne é a satisfação dos desejos físicos. Eva viu que a árvore era boa para se comer. A cobiça dos olhos é a tentação mental. Eva viu que era agradável aos olhos. A ostentação de bens é um desejo por obter-se honra. E Eva viu ainda que era desejável para dar-lhe entendimento.

É bom saber que essas são as estratégias de tentação (ou iscas) que o inimigo usa em nossas vidas. Isso ajuda a saber do que o nosso inimigo é capaz para que, então, possamos evitar morder suas iscas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário