quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

A Busca pelo Prazer

"Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita." (Salmos 16:11)

A Bíblia fala que um dos sinais dos últimos dias seria que as pessoas amariam mais os prazeres terrenos do que a Deus (ver 2 Timóteo 3:1-4). Essa é uma avaliação precisa dos dias atuais. Somos uma sociedade enlouquecida pelo prazer.

A Bíblia não prega que o prazer é necessariamente errado. Na verdade, Deus promete um grande prazer àquele que O conhece e anda em Sua companhia. O salmista fala: "Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita." (Salmos 16:11).

O problema é quando o prazer é a força motriz de nossas vidas. A Bíblia diz: "Mas a que vive para os prazeres, ainda que esteja viva, está morta." (1 Timóteo 5:6). Pedro descreve aqueles que se deleitam com os seus prazeres como nódoas e manchas (ver 2 Pedro 2:13).

A busca do prazer raramente traz o que estamos procurando. Ao invés disso, traz o vazio. Lendo os escritos de Salomão reconhecemos isto. Aqui estava um homem que, basicamente, partiu em busca de todos os prazeres desejados por seu coração. Ele disse: "Vamos. Vou experimentar a alegria. Descubra as coisas boas da vida!" (Eclesiastes 2:1). Mas ele concluiu: "Mas isso também se revelou inútil. Concluí que o rir é loucura e a alegria de nada vale." (v. 2:1-2).

Jesus nos disse como lidar com esta busca egoísta: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me." (Lucas 9:23). Jesus não disse que devemos amar a nós mesmos; Jesus disse que devemos negar a nós mesmos. Devemos tomar a cruz diariamente e segui-Lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário