segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Um Retrato da Coragem

"Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês". (Mateus 5:11-12)

Deus não nos dá somente as palavras certas a serem ditas numa determinada situação; mas Ele também nós dá o poder de nos mantermos firmes na fé, mesmo que isso represente assédios, angústia ou perseguição em nossas vidas. Foi isso que aconteceu com Estevão, o primeiro mártir da fé, quando ele ousadamente proclamou o Evangelho no Sinédrio.

O apóstolo Pedro escreveu: "Se vocês são insultados por causa do nome de Cristo, felizes são vocês, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês." (1 Pedro 4:14) Deus nos dará a força que precisamos, assim como fez com Estevão.

Talvez você ache que não pode lidar com pessoas que lhe oprimem.  Tampouco sabe o que faria se a sua vida fosse ameaçada por causa do Evangelho. Mas se Deus permitir que tal situação aconteça, Ele também lhe dará a força necessária enfrenta-la. Ele dará a você a ousadia e coragem necessárias.

Através da história, pode-se constatar que Deus sempre deu graça e coragem especiais a milhões de Cristãos que foram perseguidos por causa da fé. Muitos foram torturados. Alguns inclusive perderam suas vidas. Mas eles se negaram a renunciar a Cristo, a negar o Senhor que mudou as suas vidas de forma drástica.

Certamente foi assim com Estevão - um retrato de completa coragem e fé que se manteve firme no Senhor. Mesmo quando ele estava de joelhos, morrendo, ele ficou firme. Ele viveu como Cristo. Ele falou como Cristo. E ele morreria como Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário