segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Requisitos para a Paz

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus". (Filipenses 4:7)

Uma das coisas que mais me lembro sobre o dia em que coloquei minha fé em Cristo, foi a sensação de paz inundando o meu coração. Era como se alguém tirasse um fardo pesado das minhas costas. E assim que passei a ler a Bíblia, aprendi sobre a promessa de paz que Deus dá a cada crente; Ele nos concede a paz como um presente.

No entanto, essa paz não vem do que somos, mas do que Deus tem feito. A causa desta paz é sermos justificados pela fé. A paz que passamos então a experimentar é consequência disto. Não podemos experimentar esse efeito maravilhoso, sem a justificação inicial. Se lutamos contra Deus, se resistimos ao Seu plano e propósito para as nossas vidas, não teremos então essa paz.

Acho que muitas pessoas gostariam de ter os resultados maravilhosos da vida cristã, porém sem pagar o preço. Em outras palavras: gostariam de saber que estão perdoadas; que irão para o céu quando morrerem. Mas isso sem ter que deixar de viver como bem entenderem, sem ter que colocar sua fé e confiança em Jesus.

Não podemos ter os maravilhosos privilégios de paz, sem primeiro cumprir os pré-requisitos de Deus. Colossenses 1:20 diz que por meio de Jesus Cristo "reconciliasse consigo todas as coisas, tanto as que estão na terra quanto as que estão no céu, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz". Deus reconciliou tudo para si mesmo. Ele fez as pazes com tudo no céu e na terra, por meio do "sangue de Cristo na cruz." A única maneira de experimentar a paz de Deus, que excede todo o entendimento humano, é através do sangue da cruz, o sangue de Jesus derramado.

Você não pode ter a paz de Deus até que tenha paz com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário