terça-feira, 27 de agosto de 2013

Acesso Ilimitado

"Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade" (Efésios 2:14)

Quando eu era criança, sempre queria ir à Disneylândia no meu aniversário. Ainda me lembro de ter feito uma promessa no banco de trás do carro de meus pais, de que um dia, quando eu fosse adulto e tivesse o meu próprio dinheiro, iria à Disneylândia todos os dias. E, se não pudesse fazer isso, iria pelo menos duas vezes por semana.

Há alguns anos atrás, uma pessoa me deu um passe anual para a Disneylândia. Eu poderia ir sempre e quando quisesse. - Mas sabe quantas vezes eu fui? Não foram todos os dias, tampouco duas vezes por semana. Havia sempre alguma razão para não ir.

Nosso acesso à presença de Deus funciona mais ou menos assim. Podemos ir à Sua presença 24h por dia, 365 dias por ano, a qualquer momento que quisermos.
- No entanto, com que frequência realmente fazemos isso?

Este era um conceito radical para as pessoas da época de Jesus, especialmente os judeus. Os não judeus (gentios) não tinham esperança alguma de entrar no templo. Qualquer tentativa de fazê-lo era punida com a morte. Em mesmo os judeus também não podiam ir muito mais longe que isso. Um véu separava o resto do templo do "Santo dos Santos", onde somente o sumo sacerdote podia entrar uma vez por ano, para se encontrar com Deus.

Agora, através de Jesus Cristo, temos acesso ao Santo dos Santos. Para os judeus, o véu foi rasgado em dois. Para os gentios, o muro foi derrubado. Todos nós podemos ir à presença de Deus por causa do sangue de Jesus Cristo que foi derramado por nós.

Mas precisamos nos apropriar disso. Não apenas falarmos a respeito, mas estarmos em Sua presença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário