quarta-feira, 3 de julho de 2013

A Importância da Doutrina

"Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem." (1 Timóteo 4:16)

Teologia e doutrina não são questões banais. Mesmo assim, há pessoas hoje em dia que deixam de lado o ensino bíblico e dizem: -"Eu só quero ter experiências diretas com Deus. Não quero discutir sobre doutrina. Eu só desejo amar a Jesus".

Embora este seja um sentimento bom, é também muito perigoso. Pode nos levar a amar o Jesus errado, acreditando em doutrinas estranhas às escrituras.

É por isso que a Bíblia nos exorta a mantermos nossas vidas e doutrina em ordem. Como Paulo instruiu a Timóteo: "Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem" (1 Timóteo 4:16). Uma das razões que levam tantas pessoas a se tornarem vítimas de falsos ensinamentos atualmente é a de não manter a doutrina em ordem.

Certa vez vi uma estatística que dizia que 80% das pessoas que participam de diferentes grupos de culto, já fizeram parte de uma outra congregação no passado. Isso não quer dizer por si só que eram crentes de fato, mas que já tiveram algum envolvimento com a igreja em algum momento de suas vidas. Se essa estatística estiver correta, isso é alarmante. Isso mostra que há muitas pessoas que, embora já tenham passado um tempo na igreja (talvez até bastante tempo), foram levadas para outro caminho, porque não tinham a doutrina em ordem.

Se você tem a doutrina em ordem, se sabe aquilo que a Bíblia ensina, então será capaz de refutar o falso ensino e defender com firmeza a sua fé. É o que Judas quer dizer quando exorta os cristãos: "[...] senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos." (Judas 1:3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário