segunda-feira, 24 de junho de 2013

Uma Visão do Paraíso

“Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou”. (Apocalipse 21:4)

- Já lhe aconteceu de tentar explicar algo para alguém e simplesmente lhe faltarem as palavras certas?
- Você já tentou descrever algo muito complexo para uma criança?
Pois, para Deus explicar-nos o paraíso de uma forma que possamos entender, seria como tentar explicar a beleza do Havaí para uma criança de três meses. Não podemos compreender, em nossa limitação humana, toda a glória do céu. O apóstolo Paulo disse que ouviu coisas tão incríveis sobre o paraíso que não poderiam ser traduzidas em palavras (veja 2 Coríntios 12:2-4). Paulo estava dizendo basicamente que ele não poderia colocar sua experiência em palavras. Ela foi indescritível.

O paraíso está além da nossa compreensão. É difícil descrevê-lo. Não há muitos textos na Bíblia que falam do paraíso, mas o que encontramos já é impressionante: no paraíso não haverá medo; nem haverá sofrimento, nem morte. Toda dor e dificuldades que encaramos nessa vida desaparecerão no paraíso.

Mas a glória do paraíso é muito mais do que ter ou não novos corpos. É muito mais do que a ausência da escuridão, da lamentação, da dor e da morte. O fato de Jesus Cristo estar lá é melhor do que toda a beleza e do que todas as respostas às suas perguntas.

Um comentário: