segunda-feira, 10 de junho de 2013

Uma Luz na Escuridão

"Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes odiou a mim." (João 15:18)

Jesus se tornou muito popular durante o Seu ministério aqui na Terra. Ele falou de uma forma que as pessoas podiam entender. Ele estendeu a mão para pessoas doentes. Ele era conhecido como o amigo dos pecadores. Ou seja: ele fazia tudo o que realmente irritava as autoridades religiosas. Claramente, ele representava uma ameaça ao sistema legalista daquele tempo. E, assim, tornou-se o inimigo público número um. Jesus Cristo, o Filho de Deus, era um homem procurado.

Da mesma forma, existem pessoas hoje que odeiam Jesus Cristo e tudo que Ele representa. Pessoas que desprezam os Seus ensinamentos. E ,se você seguir a Jesus e aos Seus ensinamentos e defender a Sua palavra, será odiado também. Jesus disse que devemos nos lembrar que, se o mundo nos odeia, odiaram-no antes. Ele nos separou desse mundo. Por isso o mundo nos odeia. Não se pode esperar outra coisa além de sermos perseguidos pelas pessoas desse mundo (ver João 15:18-20).

Somos representantes de Cristo. E se você acha que as pessoas em geral odeiam os cristãos, é porque não experimentou ainda tornar-se um ministro ou um pastor na igreja de Jesus Cristo.
Certas pessoas depositam toda a sua tristeza sobre nós, pastores, com perguntas tais como: "- Por que Deus fez isso?" ou "- Por que Deus não faz aquilo?"
Aceito o fato de ser um representante de Deus e não tenho vergonha alguma disso. Mas sei também que algumas pessoas me odiarão por isso.

Essa é uma condição difícil, porque não gostamos de ser odiados por ninguém. Não queremos ofender as pessoas desnecessariamente. Pelo contrário: queremos ser aceitos e apreciados pelos outros.
Mas, porque defendemos os valores bíblicos e a verdade bíblica, vamos incomodar as pessoas que amam mais a esse mundo do que a Deus. É como ser uma luz em um lugar escuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário