quinta-feira, 6 de junho de 2013

Um Outro Reino

"Jesus conseguiu um jumentinho e montou nele, como está escrito: 'Não tenhas medo, ó cidade de Sião; eis que o seu rei vem, montado num jumentinho'". (João 12:14-15)

A Bíblia nos relata que, Jerusalém - a capital espiritual do judaísmo - fervilhava de visitantes quando a Páscoa aconteceu. As pessoas estavam por toda parte. Como se não bastasse, a notícia de que Jesus estava lá se espalhou por toda parte. Todo mundo estava falando sobre isso.

Observe que Jesus estava se preparando para dar um passo muito importante. Aquele era o momento pelo qual Ele esperava. Tinha chegado a hora dEle começar o seu caminho para o Calvário. Ele estava prestes a cumprir as profecias Bíblicas. No dia seguinte, muitas pessoas que tinham vindo à festa, quando ouviram que Jesus viria à Jerusalém: "Pegaram ramos de palmeiras e saíram ao seu encontro, gritando: 'Hosana!' 'Bendito é o que vem em nome do Senhor!' 'Bendito é o Rei de Israel!' Jesus conseguiu um jumentinho e montou nele, como está escrito: 'Não tenhas medo, ó cidade de Sião; eis que o seu rei vem, montado num jumentinho'." (João 12:13-15)

O Evangelho de Lucas nos diz que o povo achava que o reino de Deus apareceria imediatamente. Pensavam que Jesus Cristo viria e diria: "Agora eu sou o Rei de Israel" e depois derrotaria os romanos que os mantinham como servos. Hosana! Finalmente, seremos libertos desta tirania!

Mas havia um significado diferente. Para os judeus, Jesus estava dizendo: "Eu sou o seu Messias." E para Roma, Ele estava dizendo: "Eu sou seu rei, mas meu reino não é deste mundo."

A entrada de Jesus em Jerusalém naquele dia não foi para tomar a coroa, mas para suportar a coroa - uma coroa de espinhos por todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário