sexta-feira, 21 de junho de 2013

Batalhando com Amor

“Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo” (Efésios 4:15). 

Certa vez quando eu estava descendo a Avenida Kalakaua, em Honolulu (Havaí), vi um homem segurando uma placa grande com um letreiro chamativo: "O salário do pecado é a morte." Ele estava gritando para as pessoas: -"Deus te odeia! Deus vai te julgar! Deus vai te pegar!" Notei que as pessoas que passavam por ali desviavam-se dele intencionalmente.


Finalmente, fui até ele e disse: -"Desculpe-me, tenho uma pergunta. Só queria dizer que, embora seja verdade que o salário do pecado é a morte, como o seu cartaz diz abertamente, também é verdade que, conforme diz o resto do versículo, que o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. 
Por que você não coloca isso no outro lado do seu cartaz? Você poderia girá-lo e dar-lhes toda a mensagem."


O homem então me disse que eu estava indo para o inferno. Ele tinha o propósito de falar apenas de uma parte da verdade, de modo litigioso.

Quando lemos em Judas 1:3, que estamos a batalhar pela fé, não significa que devemos afrontar as pessoas com a verdade. A palavra "batalhar" nesse versículo, fala sobre a entrega da verdade, sendo feita de uma forma realmente
 amorosa. A Bíblia nos diz para falarmos a verdade com amor.

É importante
estudarmos racionalmente os textos sagrados, conhecendo o que a Bíblia ensina. Contudo, é imprescindível que amemos as pessoas. Somente assim, poderemos encontrar o equilíbrio em apresentarmos de maneira amorosa a verdade. Haverá assim,  uma combinação poderosa entre os elementos fundamentais acima elencados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário