sexta-feira, 3 de maio de 2013

Vida após a Vida

"[...] Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente." (João 10:10)

Há alguns anos atrás, surgiu um grande interesse na especulação sobre haver vida em Marte ou não. Na ocasião, fui entrevistado para um artigo sobre esse assunto. Quando perguntado a respeito do que eu pensava sobre a vida em outros planetas, eu respondi: "Eu não encontro nada na Bíblia que indique a existência de vida em outros planetas. Mas, se houve, Deus a criou." Eles fecharam o artigo com outra das minhas declarações: "Talvez não devêssemos estar tão preocupados com a existência de vida em outros planetas. Em vez disso, deveríamos nos perguntar: Existe vida na Terra? Estamos vivendo da maneira que Deus deseja que vivamos?"

Muitas vezes nos perguntamos se há vida após a morte. Mas, há vida durante a vida?
Essa é uma pergunta que todos nós deveríamos considerar seriamente.

Quando eu tinha 17 anos, essa era a minha grande pergunta. Com essa idade, eu não estava tão preocupado assim com o que aconteceria após a morte. Com 17 anos a gente pensa que vai viver por muito, muito tempo. Minha principal preocupação naquela época era com o real propósito da vida. Eu filosofava que o propósito da vida tinha que ser maior do que aparentava. Eu estava desesperadamente à procura do sentido da vida. Eu tinha que sabê-lo.

Felizmente eu não tive que ir muito longe, porque no campus da minha faculdade havia um grupo de cristãos muito aberto. Eles praticavam o que pregavam e fiquei intrigado com eles. Por isso, comecei a observá-los mais de perto. Eu vi que eles estavam experimentando uma dimensão da vida que eu nunca tinha conhecido. Não muito tempo depois disso, acabei entregando a minha vida a Jesus; e, descobri a verdade da grande declaração de Jesus em João 10:10: "Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente."
Era isso o que eu estava procurando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário