quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Onde é Que Ele Estava?

"Jesus amava Marta, a irmã dela e Lázaro. No entanto, quando ouviu falar que Lázaro estava doente, ficou mais dois dias onde estava." (João 11:5-6

Jesus passou um bom tempo na cidade de Betânia, junto de Lázaro e de suas duas irmãs: Maria e Marta. Eles compartilhavam refeições e muitos bons momentos juntos. Maria, Marta e Lázaro podiam legitimamente se referir a Jesus como um amigo.

Dessa forma, quando Lázaro ficou doente, elas enviaram uma mensagem ao Senhor, pois acreditavam que Jesus saberia o que fazer. Elas pensaram que talvez Jesus falasse uma só palavra e Lázaro ficaria melhor imediatamente. Ou talvez, que parasse o que estava fazendo para vir correndo até Betânia, para colocar suas mãos sobre Lázaro e curá-lo da doença que o acometia.

Mas a Bíblia nos diz que, ao ouvir que Lázaro estava doente, Jesus ficou onde estava ainda por mais dois dias (João 11:6). A questão é: se Jesus amava mesmo Lázaro, por que então Ele não se apressou em ajudá-lo? Aos nossos olhos isto se apresenta como uma contradição. Se Jesus realmente amava aquele homem, então por que foi até lá imediatamente para curá-lo?

Quando a tragédia, o sofrimento ou até mesmo a morte atingem a nossa vida, nos fazemos a mesma pergunta: Se Jesus me ama de verdade, então por que Ele deixou isso acontecer?
Mas a questão é que, embora não possamos ver como a situação vai acabar ou porque ela recaiu sobre nós, devemos ter sempre em mente que ela flui do amor de Deus e que é totalmente controlada por Ele.

Mas, deixe-me lembrar de uma coisa sobre essa afirmação: isso só é verdade para o cristão. Se você é um crente, deve então saber que em tudo o que acontece, Deus coloca uma tela de proteção ao redor de Seus filhos.

Seus aparentes atrasos devem ser interpretados à luz do Seu amor e não o contrário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário