quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Simplesmente Renegue

"Jesus respondeu: 'Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me'". (Mateus 19:21)

Quando Jesus disse ao jovem rico para vender o que tinha, dar o dinheiro aos pobres e segui-Lo, algumas pessoas acham erradamente que isso seja uma condenação generalizada à riqueza dos crentes, ou que todas as pessoas ricas enquadram-se nesse caso. No entanto, Jesus não fez esta exigência para mais nenhuma pessoa rica que tenha encontrado.

Nicodemos, que foi ter com Jesus à noite, era um homem rico. Lázaro era também um homem de posses. Mas Jesus não exigiu isso deles. Por que? Porque Jesus olhou para o coração do jovem rico e viu que ele não tinha as posses. Elas é que o tinham. O que Jesus queria dele não era o seu dinheiro, mas o seu coração. Jesus não disse: "Dê o seu dinheiro para mim." Ao contrário, ele disse: "Livre-se dele e me siga."

Jesus poderia ter pedido por sua carreira ou pelo seu relacionamento com outra pessoa. Ele pediu basicamente que esse homem destronasse a sua riqueza e o entronizasse como o seu Salvador. E o jovem rico, por sua vez, disse: "Senhor, você pode ocupar o segundo lugar na minha vida, mas o primeiro lugar está reservado aos meus bens."

E no seu caso? O que lhe impede de seguir Jesus? Uma relação imoral? Um grupo de amigos que exerce má influência sobre você? Álcool ou drogas?

Jesus está dizendo: "Renegue isso e siga-me." Ele quer que você obtenha o dom da vida eterna. Mas se há algo no seu caminho que impede a aceitação desse presente, você precisa renegá-lo. E até que faça isso, não terá o que Ele tem para lhe oferecer.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Trancada por Dentro

"Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela." (Mateus 7:13)

Havia um certo juiz conhecido como “Roberto Dureza”, porque ele usava de penalidades duras para aqueles que infringiam a lei. Um dia, seu filho foi preso por dirigir embriagado. A sala de audiências estava cheia de pessoas que queriam ver se “Roberto Dureza” seria consistente na forma como ele fazia justiça. Um silêncio caiu sobre a sala quando ele bateu o martelo e disse: "Culpado". Assim como sempre fez, ele tinha dado a mais dura pena.

Mas, então, o juiz largou o martelo, tirou o manto, e desceu de seu posto. Virou-se para a sala do tribunal e disse: "Como juiz, fiz o meu trabalho e cumpri a lei. Agora, como pai, vou pagar a multa por ele."

Deus, na Sua justiça, deu-nos o padrão: Quando pecamos, quebramos a lei de Deus e temos que enfrentar a pena. Mas o mesmo Deus enviou o Seu Filho para morrer na Cruz, ser torturado e morto para que a pena fosse paga. Deus disse: "Embora você seja o infrator e mereça a pena, eu te amo tanto que coloquei a pena sobre o Meu Filho. Ele pagou o preço. Se você vem a mim por fé, saiba que meu Filho morreu por você, e se você o seguir, então poderá se juntar a mim no céu."

No entanto, se você rejeitar a oferta da graça de Deus, se você rejeitar o Seu perdão, então você deve andar em seu próprio caminho. Porém, como C. S. Lewis disse: "[...] as portas do inferno estão trancadas pelo lado de dentro."

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A Maior Escuridão de Todas

"E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes." (Mateus 25:30)

Alguma vez você já esteve num lugar escuro, mas tão escuro que não podia nem mesmo ver um palmo à frente do seu nariz? Há alguns anos atrás eu estava em Israel com um grupo, passando pelo túnel de Ezequias. Demora um certo tempo para percorrer esse canal antigo, que algumas vezes fica muito estreito e baixo. Entrei e andei poucos metros. Então disse ao grupo que iria encontrá-lo do outro lado. Era realmente muito escuro e amedrontador. Passava uma enorme sensação de confinamento.

Em algumas partes do mundo, como no Alasca, há períodos de escuridão prolongada no inverno. As pessoas, por vezes, entram em profunda depressão e até mesmo pensam em suicídio. Os médicos afirmam que precisamos de luz não só para nos fortalecermos fisicamente, mas também mentalmente. Precisamos ver o sol. E quando não estamos expostos a ele, isso afeta todos os aspectos do nosso corpo.

A Bíblia não somente compara o inferno a um "depósito de lixo" e a uma prisão, mas também o descreve como um lugar de trevas profundas. Pedro escreveu sobre aqueles que tinham os olhos cheios de adultério e eram gananciosos. Ele anunciou sua condenação, dizendo que a escuridão das trevas foi reservada para eles (ver 2 Pedro 2:14-17).

Jesus falou daqueles que seriam jogados nas trevas profundas (Mateus 8:12, 22:13 e 25:30). No entanto, não se limitou a descrever o inferno apenas como um lugar escuro, mas como sendo a escuridão em si. Isso implica que o inferno é infinitamente pior do que qualquer escuridão física, moral, mental ou espiritual que qualquer pessoa já tenha experimentado na Terra. Não é só escuridão. É a escuridão mais profunda e obscura de todas.
Link para o texto original

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Destino sem Volta

"[...] Estas são as palavras daquele que é santo e verdadeiro, que tem a chave de Davi. O que ele abre ninguém pode fechar, e o que ele fecha ninguém pode abrir." (Apocalipse 3:7)

Uma vez em uma visita a São Francisco, minha esposa Cathe e eu fomos visitar Alcatraz, também conhecida como "A Rocha". Em nossa visita, pudemos visualizar as diversas células onde criminosos famosos, como Al Capone, foram mantidos. Tivemos também oportunidade de entrar nas células minúsculas. Era um lugar horrível. Eles disseram que ninguém jamais escapou vivo daquela ilha-presídio. Era verdadeiramente um lugar de isolamento.

A Bíblia não compara o inferno apenas com um depósito de lixo. Compara-o também com a uma prisão. Uma das imagens mais claras que Jesus deu do inferno foi quando Ele o descreveu como uma prisão. Ele contou uma parábola sobre um servo do rei que foi enviado para a prisão por ter um comportamento cruel e implacável. E acrescentou este aviso: "Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão" (Mateus 18:35). Jesus estava dizendo que ir para o inferno era como ser lançado na prisão.

Recebo muitas cartas de prisioneiros que ouvem nossa rádio e de muitas pessoas que vêm a Cristo por ouvi-la. Cada um deles escreve sobre sua esperança de sair em breve e ter uma vida transformada. A esperança de sair é a única coisa que os mantém vivos.

Mas, aqueles que forem condenados ao inferno não poderão sair. Uma vez que estiverem dentro, para sempre estarão. Uma vez que estiverem lá, não haverá outra chance.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Um Lugar de Verdade

“Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.” (Mateus 10:28

A palavra "inferno" deixa muita gente arrepiada. Ninguém gosta da ideia de inferno. Não acham certo que Deus mande pessoas para lá. Outros riem disso e dizem que vai ser uma grande festa. Outros ainda imaginam o inferno como um lugar de desenho animado onde o diabo fica sentado em seu trono segurando um tridente. Um monte de gente ri da própria ideia de inferno. É uma grande piada para eles, mas o inferno não é uma piada.

A maior parte do ensino bíblico sobre o inferno veio do próprio Jesus Cristo. Dentre os 1.870 versículos das Escrituras que registram as palavras pronunciadas por Jesus, 13% falam sobre julgamento e inferno. E mais da metade das parábolas de Jesus tem a ver com o julgamento eterno de Deus sobre os pecadores.

Jesus falou mais sobre o inferno do que todos os outros autores da Bíblia juntos. Alguns se espantam que Ele fale sobre o inferno, já que Ele é a personificação do amor e da compaixão. De fato, Ele é. É exatamente por isso que Ele falou do inferno tantas vezes. Ele não quer que ninguém vá para lá. O mesmo Jesus que nos fala a respeito do céu com todas as suas glórias, também nos diz sobre o inferno com todos os seus horrores. Ele nunca teria dito estas coisas se não fossem verdade.

John Lennon cantou: “Imagine que não há paraíso. É fácil, se você tentar. Nenhum inferno abaixo de nós. Acima de nós apenas o firmamento...”
Podemos imaginar o que quisermos, mas o inferno é um lugar de verdade. E nós precisamos saber o que a Bíblia diz a respeito dele.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

A Escolha que Temos que Fazer

"Aquele que não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não ajunta, espalha." (Mateus 12:30)

Num evento que organizei há alguns anos, uma mulher cristã trouxe o seu marido descrente. Durante toda aquela noite ela rezou para que ele viesse para Cristo. No final, enquanto o convite era feito, ele disse: "Vamos, quero ir embora. Vamos sair antes que todo mundo também saia."

Ela ficou arrasada. Enquanto centenas de pessoas desciam para o campo, eles dois subiam a escadaria para deixar o estádio. Na saída, ela viu uma das mesas de arrecadação e disse: "Querido, quero comprar uma camiseta do encontro. Vou lá pegar. É rápido." Enquanto ela ia até a mesa, seu marido foi até uma abertura por onde podia ver o campo lá embaixo. Estava lutando contra a indecisão. Enquanto olhava, acabou levantando a cabeça e vendo um telão e, para sua surpresa, viu seu próprio rosto. O câmera o pegara ali parado no momento da indecisão. Algo deu um estalo dentro dele e ele pensou: "Preciso fazer isso." Então desceu ao campo para entregar sua vida a Cristo.

Enquanto isso, a mulher dele estava tentando adivinhar aonde teria ido o marido. Acabou olhando para o telão bem a tempo de vê-lo descer a escadaria até o campo. Então ela foi também e juntou-se a ele no campo, enquanto ele se comprometia com Cristo.

Eu me pergunto se Deus mantém gravações como essa, das horas em que estivemos indecisos. Toda vez que você escuta o evangelho, está sob exame. E no fim terá que tomar uma decisão.
Link para o texto original

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Não Há Mérito Próprio

"Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;
não por obras, para que ninguém se glorie." (Efésios 2:8-9)

Há alguns anos atrás, uma pesquisa realizada por uma revista de grande circulação descobriu que a maioria dos americanos tinha certeza que iria para o céu, mas não esperava ver seus amigos lá. A maioria dos entrevistados previu que Madre Teresa também iria e um percentual considerável ainda citou alguns políticos e celebridades que, segundo eles, certamente seriam salvos.

Infelizmente, isso mostra a confusão e o raciocínio errado envolvidos na decisão mais importante que se pode ter na vida: a decisão sobre onde passar a eternidade.

Embora isso possa vir como uma surpresa para muitas pessoas, Madre Teresa, como uma maravilhosa humanitária que foi, não tinha mais chances de ir para o céu que qualquer outra pessoa. Por que? Porque a nossa entrada no céu não é baseada no que temos feito para Deus, mas sim no que Ele fez por nós. Isso é o que importa.

Mesmo o pior dos criminosos, ao se arrepender e pedir a Deus para perdoá-lo, entrará no céu a despeito de todo o mal que tenha feito. E o melhor dos melhores, apesar de todo o bem que tem feito, não irá necessariamente  para o céu, se não colocar sua fé em Cristo como seu Salvador. Não importa o que fazemos, por mais louvável que isso possa ser. Nossa entrada no céu não tem nada a ver com boas ou más ações;  mas, tem tudo a ver com o que Jesus fez na cruz e com o nosso reconhecimento de que não podemos chegar a  Deus por nosso próprio mérito.
Link para o texto original

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Sob Nova Direção

"Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim. Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares." (Mateus 24:6-7)

Desde o início dos tempos, a humanidade tem procurado a paz. Nós nos juntamos em movimentos pela paz, marchamos pela paz, damos prêmios por ações de paz. Até mesmo vamos à guerra em busca da paz. E, quando ouvimos que pessoas foram detidas por perturbar a paz, queremos saber onde encontraram um pouco de paz para perturbar. Algumas pessoas nos dizem, em adesivos colados em seus carros, coisas como: "Pela a paz mundial". Mas logo depois nos fecham num cruzamento.

Nas portas da ONU estão afixadas as palavras de Isaías 2:4: "[...] Eles farão de suas espadas, arados e de suas lanças, foices [...]". Somos um povo que quer a paz, mas precisamos saber que nem as Nações Unidas, nem os políticos, nem pessoa alguma, trarão a tão esperada paz à Terra, pela qual a humanidade tão desesperadamente anseia. A paz que almejamos só vai acontecer quando o próprio Criador retornar, recuperando o que é Seu por direito e pendurando uma placa sobre este planeta cansado de guerras, com os dizeres: "Sob Nova Direção."

Seria bom pensar que com todo o nosso avanço tecnológico, pudéssemos de alguma forma trazer a paz mundial. Mas de acordo com Jesus, nos últimos dias "Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam [...]" (Mateus 24:6). Tragicamente, a guerra será uma parte do futuro da humanidade, até que venha o próprio Cristo estabelecer o Seu reino.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Somente um Original

"Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: 'O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo. Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio no meio do trigo e se foi." (Mateus 13:24-25)

Você sabe que algo é popular quando começa a ver suas imitações por toda parte. Quando alguém vem com um projeto inovador sobre alguma coisa, muitas pessoas se apressam em criar versões dele.

Da mesma forma, podemos olhar para aquelas, assim chamadas, “religiões” de hoje em dia e perceber que se tratam apenas de imitações da "original". Sempre que há uma genuína obra do Espírito Santo de Deus, pode-se esperar uma imitação do diabo como consequência. Se há um renascimento enviado por Deus, haverá um renascimento falso promovido pelo diabo. Se houver milagres vindos do céu, haverá milagres vindos do inferno. Se você começar a ver o movimento de Deus numa determinada área, verá também movimento similar proveniente do diabo.

Jesus contou a história do joio e do trigo, onde um homem saiu e plantou um campo de trigo. Mas, à noite, veio o seu inimigo e plantou joio no meio do trigo. O joio, na verdade, se assemelha ao trigo na suas fases iniciais de crescimento. Se visse os dois lado a lado plantados, não seria capaz de notar a diferença entre eles. Mas depois de um certo tempo, o joio mostra-se realmente como é. Isso pode atrapalhar muito a colheita. Por isso Jesus disse que o inimigo planta joio no meio do trigo.

O diabo tem inundado o mundo com toda sorte de imitações. E o fato de existirem imitações só confirma que há um original. Não se pode ter uma imitação a menos que haja um original.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Glorificar a Deus

"Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês." (1 Coríntios 6:20)

Deus quer limpar a sua casa. Ele quer limpar Seu templo. Sob o antigo pacto, o templo era um tabernáculo no deserto ou um grande edifício em Jerusalém onde o sumo sacerdote, representando o povo, se encontrava com Deus.

Mas desde a crucificação e ressurreição de Jesus, Deus não vive mais em um templo. João escreveu em Apocalipse 21:3: "Ouvi uma forte voz que vinha do trono e dizia: 'Agora o tabernáculo de Deus está com os homens, com os quais ele viverá. Eles serão os seus povos; o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus”.

Sob a nova aliança, Deus mora no coração e na vida dos cristãos.

Somos tão cuidadosos com a limpeza externa de nossos corpos, mas o que dizer da limpeza interna? Há algo que você precise ser limpo por dentro? A Bíblia nos diz: "Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês." (1 Coríntios 6:19-20)

Quando entregamos nossas vidas a Cristo e colocamos a nossa confiança em Deus, Ele vem e limpa nossa casa. Ele joga fora as roupas velhas, os móveis antigos e até mesmo a comida velha da geladeira. Então, Ele coloca um novo tapete, móveis novos e enche a geladeira com alimentos finos. Rapidamente descobrimos que quando Ele joga fora as coisas velhas, é somente para colocar algo melhor no seu lugar.

Deus quer limpar sua casa. Deixe-o fazer isso. 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Divisão Entre Irmãos

"Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado."(Gálatas 6:1)

Deus odeia o homem que cria discórdia entre irmãos, alguém que intencionalmente causa divisão entre outros cristãos. O que é surpreendente é que Deus coloca esse pecado - de causar a discórdia entre irmãos - juntamente com o assassinato, a mentira e o perjúrio (ver Provérbios 6:16-19).

Uma das coisas que provoca discórdia é a fofoca. Ouvimos algo sobre alguém. "Fizeram o que? Com quem?" Ficamos ansiosos para contar para outra pessoa. O que há conosco, que nos alegramos com fraquezas ou problemas na vida de outro cristão? A primeira coisa que devemos fazer é orar por essa pessoa. Devemos procurar restaurá-la, pois podemos ser os próximos.

Mas o que fazemos? Nós não falamos com Deus sobre ela. Falamos com outras pessoas. Pelo que as pessoas fazem hoje, você poderia pensar que a Bíblia diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão contar para o maior número de pessoas possível" Em vez disso, ela diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado." (Gálatas 6:1).

Puxa, queremos falar sobre as pessoas! Queremos fazer fofoca delas. Queremos causar divisão. Mas Deus odeia isso! Então ore por elas ao invés de fofocar. Procure restaurá-las. Tome as medidas bíblicas adequadas. Fofocar e falar sobre isso nunca vai resolver. Deus odeia esse tipo de coisa.

Em vez disso, vamos procurar gentilmente restaurar nossos irmãos e irmãs em Cristo.
Link para o texto original

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Olhos Altivos

"O orgulho do homem o humilha, mas o de espírito humilde obtém honra." (Provérbios 29:23)

Deus odeia olhos altivos. Acho isso interessante. Seria de se esperar que Deus começasse a lista das coisas que odeia com "mãos que derramam sangue inocente" ou "adultério", quem sabe. Mas não. O número um na lista dEle é o olhar altivo (ver Provérbios 6:16-19).

Por que fazer tanto caso disso? Afinal, na nossa cultura, a altivez, ou orgulho, é vista como uma virtude. "Tenha orgulho de suas origens", dizem alguns. "Tenha orgulho de quem você é".

Mas a Bíblia diz que Deus odeia olhos altivos. O que isso quer dizer? Bom, olhos altivos se referem à pessoa que colocaria sua própria vontade acima da vontade de Deus ou da vontade dos outros. Refere-se às pessoas arrogantes e cheias de si.

Você sabia que o orgulho foi o primeiro pecado cometido? Mesmo antes de Adão e Eva comerem do fruto proibido, o pecado do orgulho foi cometido por Lúcifer. Não satisfeito com ser um anjo a serviço do Senhor, ele que quis ser Deus. E Deus o expulsou por causa de seu orgulho.

E aí o que ele fez? Tentou Eva com o fruto proibido. Essencialmente ele disse: "Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal" (Ver Gênesis 3:4-5). Ao que ele se dirigia? Ao orgulho dela. E ela cedeu.

Entenda: o orgulho é provavelmente a raiz da maior parte dos problemas da nossa cultura hoje. É provavelmente a raiz de muitos dos nossos pecados. Quando dizemos: "Não preciso viver do jeito de Deus. Vou fazer o que quiser e quando quiser" - isso é orgulho.

Deus odeia olhos altivos. Então, não coloquemos nossa vontade acima da Sua vontade.
Link para o texto original

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Irritando Deus

“O Senhor é misericordioso e compassivo, paciente e transbordante de amor.” (Salmos 145:8)

Sou o tipo de pessoa que tem um humor relativamente estável, mas certas coisas me irritam muito, deixam-me louco. A maioria dessas coisas parece acontecer nas autoestradas do sul da Califórnia. Eu não sei por que, mas na hora parece que tudo que fazem comigo é pessoal.

Alguma vez você já passou por um daqueles momentos em que você está dirigindo e precisa pegar uma saída? Há uma abertura na pista ao lado. Você educadamente liga a seta. Então um outro motorista acelera, corta sua abertura, e você perde sua saída. Quando isso acontece, eu fico com muita raiva.

Fico tão feliz que Deus não perde a cabeça! Não é uma perspectiva assustadora? Se Deus estivesse de mau humor um dia, o que Ele faria? Ele iria começar a jogar planetas de um lado para o outro? Ele iria fazer com que as pessoas deixassem de existir?

Eu não sei quanto a você, mas eu estou muito interessado tanto no que Deus ama quanto no que Ele detesta. Se Deus diz que Ele detesta alguma coisa, eu quero ter certeza que não farei essa coisa. Você não pensa assim? Eu não quero trazer a Sua ira sobre mim.

Há uma passagem das Escrituras que identifica especificamente sete coisas que o Senhor detesta:
Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos.” (Provérbios 6:16-19)

Devemos analisar essa lista de coisas que Deus detesta e ter a certeza de que não estamos fazendo nenhuma delas. E, se estivermos, vamos fazer com que isso não aconteça mais.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Faxina Geral

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." (1 João 1:9)

As férias significam muitas coisas para nós, mas uma das mais notáveis ​é a faxina que ela provoca quando nos livramos de todas as coisas desnecessárias que se acumularam ao longo dos meses anteriores. 

Ouvi a respeito de um costume interessante na Itália para a véspera do Ano Novo. À meia-noite, as janelas de cada casa são abertas e se joga para fora absolutamente tudo o que não se quer mais: móveis, roupas, pratos... Tudo é jogado no chão. Poderíamos chamar isso de faxina pra valer.


Eu não sei quanto a você, mas eu não sou a pessoa mais organizada do mundo. Ironicamente, gosto de estar em ambientes organizados. Minha esposa Cathe, ao contrário, é a Sra. Limpeza. Ela adora limpar. E ela faz isso o tempo todo.

Agora eu gostaria de aplicar isto em nossa vida espiritual. Há alguns de nós que permitem que os problemas se desenvolvam. Nós permitimos que as coisas realmente fujam do controle. E quando colhemos os resultados inevitáveis ​​do pecado ou quando a crise chega, nos voltamos para Deus e clamamos: "Senhor, eu preciso de sua ajuda para me tirar dessa bagunça."

E há também outros que vivem suas vidas espirituais da mesma forma que a minha esposa limpa a casa. Estão sempre mantendo seu relacionamento em dia com o Senhor, sempre cultivando-o e, constantemente, confessando seus pecados diante dEle. Essa é a maneira adequada de se viver.

Você precisa ser purificado de seus pecados diariamente. É bem melhor pedir regularmente do que permitir que um grande problema se desenvolva em sua vida.

Precisamos de um profissional. Essencialmente, precisamos que o próprio Deus venha limpar a casa.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Uma Grande Reunião

"Preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo." (Hebreus 11:25)

Um pai cristão que era doente terminal chamou seus três filhos para o seu lado. Para seus dois filhos que eram crentes ele disse: "Adeus, meus filhos. Verei vocês pela manhã." Voltando-se para seu terceiro filho, de maneira simples e triste, ele disse: "Adeus, meu filho."

O jovem estava profundamente perturbado. Ele disse: "Pai, por que é que você disse a meus irmãos, 'verei vocês pela manhã', e só me disse: 'Adeus meu filho'? Por que você não disse que iria me ver pela manhã também?"

Seu pai respondeu: "Filho, você nunca pediu em seu coração para Jesus Cristo ser seu Salvador e Senhor. E isso é o que mais me dói. Nunca vou vê-lo novamente." E aquele filho começou a perguntar ao pai como ele poderia ser salvo, como poderia ver seu pai novamente. Seu pai lhe disse como. E assim ele orou e recebeu Cristo em sua vida. Então, o pai disse: "Agora nossa família estará junta na eternidade."

Isso acontecerá com todos que depositam sua fé em Cristo. Será uma grande reunião no futuro. Mas o que o incrédulo tem pela frente? Julgamento após a morte, além de uma vida miserável e vazia na Terra. O pecado pode ser divertido por algum tempo. E o dia do pagamento chegará. "Pois o salário do pecado é a morte [...]" (Romanos 6:23). O pecado pode ser emocionante, mas o dia do pagamento chegará.

Se você ainda não entregou a sua vida a Cristo, no final dela você vai olhar para trás e descobrir que a desperdiçou. Mas não espere até o final de sua vida para descobrir isso. Descubra agora.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Vale a Pena Esperar

"Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês". (Mateus 5:11-12)

Pode ser que você tenha desistido de muitas coisas para seguir Jesus Cristo. Talvez tenha perdido amigos e até a família para ser Seu servo. Você pode ter resistido a muitas tentações e talvez tenha tido grandes dificuldades e sofrido bastante por causa de sua fé. Mas devemos nos lembrar que Deus nos promete uma recompensa especial no céu.

Há muitas pessoas que sofreram coisas bem piores. Pessoas que, ao longo da história da igreja, foram condenadas à morte por sua fé em Cristo. Homens e mulheres que, se tivessem negado ao Senhor, poderiam ter se safado bem, mas que preferiram manter o seu compromisso com Cristo. Há uma recompensa especial esperando por essas pessoas no céu.

Tiago 1:12 diz: "Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam."

Se você sofreu perdas como uma amizade; se foi ridicularizado e perseguido, saiba que Deus irá recompensá-lo por isso (Mateus 5:11-12). O que quer que você tenha aberto mão, Ele lhe trará de volta.

É claro que todos nós abrimos mão de certas coisas para seguir a Cristo. Às vezes até pensamos: Sei que isso é errado, mas parece tão bom e divertido... Acho que poderia fazê-lo. Mas, no fundo, sabemos que não deveríamos. E, então, resistimos. Com o passar do tempo, olhamos para trás e, analisando as repercussões que aquilo teria nos trazido, reconhecemos: "Estou contente por ter evitado isso."

Devemos sempre lembrar que nossa verdadeira recompensa está guardada por Deus.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

O Tesouro Escondido

"O que planta e o que rega têm um só propósito, e cada um será recompensado de acordo com o seu próprio trabalho." (1 Coríntios 3:8

Um homem que fazia uma limpeza subiu para o sótão e jogou fora um monte de coisas velhas. Em seguida, ele se deparou com um vaso velho que pensou talvez valer alguma coisa. Então ele o levou para um antiquário que conhecia um pouco sobre essas coisas. Ele ficou chocado quando saiu com um cheque de 324.000 dólares. Acontece que o vaso era do século 15 da dinastia Ming. E em todo o tempo ele tinha estado ali no seu sótão.

Há pessoas que fielmente trabalham nos bastidores para o Senhor, o qual nunca viram. E seu Pai Celestial que os vê em segredo um dia irá recompensá-los abertamente. Na verdade, você pode ser uma dessas pessoas. Ninguém sabe seu nome. Ninguém sabe o que você faz, mas você é fiel ao que o Senhor lhe pediu para fazer, tentando fazer o melhor com o que Ele lhe deu.

Portanto, não tenha inveja do que outra pessoa tem. Não se preocupe com o que Deus chamou alguém para fazer, porque você não será julgado por isso. E eles não serão julgados por aquilo que Ele chamou você para fazer. Seja fiel com o que Deus tem colocado diante de você. Seja grato, pois você tem uma vida para usar para a glória de Deus, e dedicá-la a Ele.

Você pode pensar que o que você faz para o Senhor não tem qualquer valor real, mas o que é tão valioso aqui será inútil na eternidade. E o que pode não parecer importante aqui pode ser inestimável quando estivermos diante de Deus.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A Festa do Oscar Celestial

"Porque ninguém pode colocar outro alicerce além do que já está posto, que é Jesus Cristo." (1 Coríntios 3:11)

Todos os anos, milhões de pessoas assistem à premiação do Oscar. Queremos ver o que as celebridades estão vestindo e quem vão ser os vencedores.

Mas quando vier o dia conhecido como o Tribunal de Cristo, não será exatamente como um Oscar. Imaginamos que os nomes de algumas pessoas serão chamados, nomes de grandes homens e mulheres de fé que ouvimos falar, e que irão receber muitos prêmios. Tudo isso depende do que havia no coração deles, de quais as verdadeiras intenções dos seus atos. Depende do motivo pelo qual foram feitas todas as suas obras. Realmente não sabemos quem vai receber o quê.

Mas uma coisa é certa: Deus vê muito mais a qualidade do que a quantidade do que fazemos. Ele olha para as intenções. Isso é o que importa.

Paulo disse: "Se alguém constrói sobre esse alicerce, usando ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha, sua obra será mostrada, porque o Dia a trará à luz; pois será revelada pelo fogo, que provará a qualidade da obra de cada um." (1 Coríntios 3:12-13)

Madeira, feno, ou palha, que queimam rapidamente, não significam tanto os pecados graves, mas sim o colocar mais importância nas coisas passageiras desta vida do que nas coisas de Deus.

Se você construiu sua vida sobre o alicerce certo, se tiver feito as coisas de Deus buscando a glória dEle e não a sua, então você receberá uma recompensa.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Faça Valer

"Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:31)

Lembro-me de sentar, quando era ainda um jovem cristão, nos bancos da Capela Calvary, em Costa Mesa (EUA), e ouvir o pastor Chuck Smith falar. Eu me perguntava: será que Deus um dia me usará? Será que Ele um dia falará por meio de mim? Nunca, nem sonhando, eu pensei que Deus permitiria que eu fosse pastor e tivesse o privilégio de proclamar o evangelho. Estava além dos meus sonhos, além até dos meus próprios desejos.

Se você agora planeja seu futuro, se está pensando no caminho que pretende seguir em sua vida, peça orientação a Deus. Diga: "Senhor, quero ser a pessoa que Tu queres que eu seja. Quero me casar com a pessoa com a qual Tu queres que eu me case. Quero estar no centro da Tua vontade. Não quero sair e estragar tudo. Ajuda-me a fazer a Tua vontade." Os planos de Deus para você são melhores do que qualquer coisa que você mesmo planeje.

Deus deu certas habilidades, talentos e recursos a cada um de nós. A questão é: o que você tem feito com eles? Tem procurado usá-los para a Sua glória? Tem oferecido seus recursos e seu futuro a Ele?

Não estou afirmando que você tenha que ser pastor. Porém, seja lá o que for - quer você seja médico, arquiteto, secretário, programador de computadores, construtor, músico ou qualquer outra coisa - procure servir ao Senhor e sê-lo para a glória de Deus. É isso o que importa. Sua vida pode dar testemunho e ser um testemunho de Jesus.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Bom Sem Efeito

"Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más." (2 Coríntios 5:10)

A Bíblia nos diz que todos nós deveremos comparecer perante o tribunal de Cristo. Esta palavra "comparecer" pode ser traduzida como "para declarar". Isto sugere que o propósito do julgamento de Cristo é o de uma declaração pública, ou demonstração das principais circunstâncias e motivos de um indivíduo.

Este julgamento não é sobre irmos ou não para o céu, porque ocorrerá no céu. Pelo contrário, é sobre a recompensa que os crentes receberão. Jesus disse: "Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a cada um de acordo com o que fez." (Apocalipse 22:12). Deus tem uma recompensa para aqueles que têm servido fielmente a Ele.

O que vai ser julgado, de acordo com 2 Coríntios 5:10, é o que temos feito, seja bom ou ruim. A palavra usada para "ruim" neste versículo não está falando de algo ético ou moralmente mau, porque Cristo pagou o preço na cruz do Calvário por todos os nossos pecados.

Em vez disso, a palavra usada para "ruim" fala de outro tipo de mau. Outra forma de traduzir seria "bom sem efeito", ou "futilidade". A ideia de bom ou ruim não é de alguém que tenha feito algo escancaradamente errado. A ideia é de alguém que desperdiçou sua vida, uma vida que era boa, mas sem efeito para nada nem ninguém. É alguém que jogou fora seu tempo, energia e vida. O que você está fazendo com a sua vida por amor a Cristo? Eu sei o que Ele tem feito por você. Mas o que você tem feito por Ele? Você tem desperdiçado sua vida inutilmente?

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Pronto para a sua Recompensa?

"Mas quando você der esmola, que a sua mão esquerda não saiba o que está fazendo a direita, de forma que você preste a sua ajuda em segredo. E seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará" (Mateus 6:3-4)

Talvez você tenha sido um grande aluno na faculdade. Ou quando era criança recebia muitas estrelinhas pela bela ortografia. Talvez você sempre tirasse conceitos “A” nos seus boletins escolares. Talvez tenha recebido honrarias especiais, como uma bolsa para frequentar uma faculdade de renome, por causa de suas habilidades especiais. Ou talvez você tenha sido ainda um grande destaque nos esportes, tendo recebido inúmeros troféus e guardado os respectivos vídeos para provar.

Eu? Bem, eu sempre recebia aquelas faixas de "menção honrosa". Sabe quais? Aquelas que lhe dão quando você realmente não fez algo bom o suficiente, mas que não querem que você se sinta muito mal consigo mesmo. Após cruzarem a primeira, a segunda, a terceira, a quarta e a quinta posição na linha de chegada, chega você quase uma hora depois. Então alguém diz: "Dê-lhe uma faixa de menção honrosa."

Elas eram geralmente roxas, embora eu nunca tenha sabido exatamente o porquê. Só sei que eu tinha uma sala cheia de faixas roxas. E, portanto, nunca fui reconhecido em coisa alguma.

Mas nos céus haverá muitas recompensas para aqueles que foram fiéis a Deus ao longo dos anos. Mesmo o menor e mais insignificante gesto feito em nome do Reino de Deus não será esquecido por nosso Pai Celestial. Jesus falou do nosso serviço a Deus, salientando que mesmo que não sejamos vistos pelas pessoas, seremos seguramente vistos por Ele (“seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará").

Quando futuramente estivermos diante o tribunal de Cristo, o Senhor nos recompensará abertamente.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

A Pérola se Foi

"Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo as primícias dentre aqueles que dormiram." (1 Coríntios 15:20)

Um pastor num velório queria falar sobre algumas coisas boas em relação ao falecido. Ele então ousadamente afirmou: "O que temos aqui é apenas a concha", apontando para o caixão. E acrescentou: "A pérola já se foi". Ele não tinha intenção de ser assim tão direto. Mas essa é uma declaração exata do que acontece quando morremos.

Deus nos dará novos corpos no dia na ressurreição. E, com certeza, vamos precisar destes novos corpos, porque estaremos em um novo lugar chamado céu. Obviamente, não podemos enviar astronautas ao espaço vestidos como se estivessem indo para a praia. Eles devem usar roupas especiais que são projetadas para permitir que respirem e possam viver em seu novo ambiente. Nossos corpos terrestres são adaptados para a vida na Terra, mas no céu precisaremos de novos corpos.

Vamos precisar de novos corpos para o nosso novo ambiente. Para começar, se fôssemos levados à presença de Deus em nossos corpos terrestres, estes se desintegrariam no mesmo instante. Por que? Porque não somos perfeitos. Nossos corpos são limitados pelos efeitos do pecado. O próprio fato de que envelhecemos, podemos ficar doentes e vamos morrer um dia (se o Senhor não voltar para nós antes disso), significa que temos um corpo que está contaminado pelo pecado. Precisamos de novos corpos, feitos à imagem de Jesus.

Você vai deixar a concha, mas a "pérola", seu verdadeiro "eu", vai para a presença do Senhor.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Quando

"Enquanto isso, gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação celestial" (2 Coríntios 5:2)

Lembro-me que quando meu filho Jonathan fez 11 anos eu perguntei a ele: Que idade você desejaria ter? "Dezesseis”, ele me disse. "Quero ter 16 anos”.

Isso é tão típico quando somos pequenos. 16 é a idade em que as coisas acontecem. Então você tem 16 anos e diz: “Dezoito anos! Essa é a idade que quero ter!” E então você chega aos 18 e quer ter 21, pois pode fazer muitas coisas com 21 anos. Aí você chega aos 21 e diz: “Ninguém me leva a sério ainda. Pensam que sou só uma criança. Esperem até eu ter 30. Com 30 serei reconhecido." Você chega aos 30 e diz: “Se pudesse ter 40 anos, chegaria onde quero”. Quando você alcança os 40 você diz: “Quem dera eu fosse um adolescente de novo. Eu queria ter a vida despreocupada que tinha quando era novo.” É aí que a famosa crise da meia idade chega para muitas pessoas. Então vêm os 50, os 60... os anos dourados. Você olha para trás e tem muitas memórias e arrependimentos.

Uma pessoa pode olhar para trás e chegar à mesma conclusão que Benjamin Disraeli, ex-primeiro ministro da Inglaterra: "A juventude é um erro; a idade adulta uma luta; a velhice um lamento" Isso é uma avaliação bastante precisa de uma vida sem Cristo.

Mas quando Jesus Cristo está à frente de sua vida, você não precisa se sentir assim. Você pode viver uma vida rica e completa no mundo e saber que, além do túmulo, há algo muito melhor: um lugar maravilhoso chamado céu.