terça-feira, 6 de novembro de 2012

O Único sem Túmulo

"O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Pelo contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento." (2 Pedro 3:9)

A Bíblia ensina que o inferno não foi feito para pessoas. É um lugar que Deus preparou para Satanás e para todos os poderes demoníacos que o seguem. Deus não quer que as pessoas acabem lá. Na verdade, Deus diz: "[...] não tenho prazer na morte dos ímpios, antes tenho prazer em que eles se desviem dos seus caminhos e vivam. Voltem! Voltem-se dos seus maus caminhos! [...]" (Ezequiel 33:11).

Parte o coração de Deus ver uma pessoa, feita à Sua imagem e semelhança, deliberadamente escolher o pecado. Deus enviou Jesus para morrer na cruz, pagando o preço pelos nossos pecados.

Nenhum outro profeta, guru, sábio ou quem quer que seja morreu na cruz por você. Somente Jesus foi qualificado para ser a ponte sobre o grande abismo que separava Deus da humanidade. Só Jesus estava qualificado para conectar a humanidade pecadora a um Deus santo e a levar todos os pecados do mundo sobre Si mesmo. E mais do que isso: Ele ainda ressuscitou dos mortos. Nenhum outro líder religioso, profeta ou guru fez isso. Jesus é o único caminho.

Tem-se dito que as portas do inferno estão trancadas por dentro. Os crentes sabem por experiência que, antes de sua conversão, o Espírito de Deus já tocava seus corações. Eles sabem que Ele os lembrou continuamente da necessidade por Cristo, sempre de forma insistente.

Rejeitar a Cristo não é uma escolha única. É uma série de escolhas deliberadas que são feitas ao longo de uma vida inteira. Deus não manda pessoas para o inferno. Elas é que mandam a si mesmas. Praticamente passam por cima de Cristo e resistem a Ele repetidamente. Somente assim, conseguem chegar lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário