terça-feira, 27 de novembro de 2012

Desfazendo Acampamento

"Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna no céu, não construída por mãos humanas." (2 Coríntios 5:1)

Após acamparmos por mais de uma semana, estamos sempre prontos para guardar tudo e ir pra casa desfrutar dos luxos de um banho quente, roupas limpas e de um teto sobre nossas cabeças. Animo-nos em deixar o acampamento.

Referindo-se à sua morte iminente, o apóstolo Paulo escreveu: "Está próximo o tempo da minha partida." (2 Timóteo 4:6). Ele utilizou uma palavra muito interessante, pois no texto original a palavra "partida" também poderia ser descrita como desfazer acampamento.

Ela nos lembra que, quando a morte chega, nossa "barraca" (também conhecida como corpo) será deixada de lado, ao passo que nosso espírito irá para uma residência permanente. Como Paulo disse em 2 Coríntios 5:1: "Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna no céu, não construída por mãos humanas."

A palavra "partida" que Paulo utilizou também pode ser traduzida por "ser liberto de algemas." É a imagem de alguém em uma cela, preso, sendo liberto de suas algemas.

Por fim, a palavra "partida" na língua original (grego), também descreve um barco soltando-se de suas amarras. Assim, Paulo estava dizendo: "É hora de zarpar. É hora de libertar-se das algemas. É hora de levantar acampamento. É uma boa notícia, porque eu estou indo para um lugar melhor."

Isso nos lembra que o céu não é um lugar de esquecimento inconsciente. É um lugar de existência consciente. É para estar com Cristo e não simplesmente permanecer em um túmulo. É uma parte da vida, não sua conclusão. É um começo e não um fim.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário