terça-feira, 13 de novembro de 2012

Água Viva

"Disse a mulher: 'O senhor não tem com que tirar a água, e o poço é fundo. Onde pode conseguir essa água viva?'" (João 4:11)

Quando a mulher samaritana foi até o poço, espantou-se de encontrar no calor do dia alguém lá. Por que estaria aquele judeu ali na Samaria? Ela deve ter imaginado que Ele a veria, viraria a cara e iria embora. Mas Ele estava esperando por ela. Quem seria esse sujeito? Que fazia ali? Aquilo era bem fora do comum.

Ele pediu para beber. Ela não entendeu. "Por que você, sendo judeu, pede água para mim, uma mulher samaritana?" Jesus atiçara a curiosidade dela. A Bíblia conta:

Jesus respondeu: "Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna" (João 4:13-14).

Hoje, claro, vivemos numa época em que todo mundo bebe água. Há vários tipos de água para escolhermos: gaseificada, importada, aromatizada. As pessoas andam por aí com garrafinhas d'água especiais. Dá para fazer pose bebendo água. Pode ser que ela tenha saído de alguma torneira qualquer, mas nem perceberíamos a diferença.

Mas o que Jesus quis dizer com "água viva"? É apenas água corrente, como a de um córrego ou rio, em vez de água parada. Jesus estava basicamente dizendo: "Vou dar-lhe água limpa. Vou dar-lhe água fresca. Vou dar-lhe vida eterna." E é isso que Ele promete a nós todos também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário