sexta-feira, 9 de novembro de 2012

À Procura da Felicidade

"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos." (Mateus 5:6)

Certa vez vi um programa interessante na televisão sobre a busca da felicidade. As pessoas na rua foram convidadas a responder: "O que é a felicidade?" Um homem disse: "Felicidade é ter R$100 milhões." Uma mulher disse: "Felicidade é ter dinheiro disponível." Alguém disse: "Felicidade é ter um castelo." Outra pessoa disse: "Felicidade é ter uma ilha privada."

Então algumas pessoas que tinham ganhado na loteria foram entrevistadas, mas mesmo elas disseram que o dinheiro não pode comprar felicidade. Poderia comprar-lhes muitas coisas, mas logo o vazio voltaria. Alguma vez você já sonhou como seria se realmente você ganhasse na loteria e, de repente, se tornasse um milionário? Quando você sonha com alguma coisa, o sonho é geralmente melhor do que é na vida real, como os ganhadores de loteria sempre descobrem. Quando o sonho se torna realidade, não é tão emocionante como você pensou que seria.

Como a mulher que Jesus encontrou no poço em Samaria, estamos à procura de alguém ou alguma coisa para satisfazer as necessidades mais profundas de nossas vidas. Estamos em busca de satisfação, contentamento. Mas não há simplesmente ninguém nem nada na terra que vá atender às nossas carências mais profundas.

Uma das razões que nos mantêm ainda vazios, uma das razões por que essas coisas não nos satisfazem, é que fomos criados para conhecer a Deus. Fomos criados para ter uma relação com Aquele que nos criou. Portanto, todas as outras coisas são apenas substitutos fajutos. Nunca serão adequados. O próprio Deus vai chegar ao coração dos seus problemas. O próprio Deus irá preencher esse vazio em sua vida.

Um comentário: