sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Somente um Original

"Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: 'O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo. Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio no meio do trigo e se foi." (Mateus 13:24-25)

Você sabe que algo é popular quando começa a ver suas imitações por toda parte. Quando alguém vem com um projeto inovador sobre alguma coisa, muitas pessoas se apressam em criar versões dele.

Da mesma forma, podemos olhar para aquelas, assim chamadas, “religiões” de hoje em dia e perceber que se tratam apenas de imitações da "original". Sempre que há uma genuína obra do Espírito Santo de Deus, pode-se esperar uma imitação do diabo como consequência. Se há um renascimento enviado por Deus, haverá um renascimento falso promovido pelo diabo. Se houver milagres vindos do céu, haverá milagres vindos do inferno. Se você começar a ver o movimento de Deus numa determinada área, verá também movimento similar proveniente do diabo.

Jesus contou a história do joio e do trigo, onde um homem saiu e plantou um campo de trigo. Mas, à noite, veio o seu inimigo e plantou joio no meio do trigo. O joio, na verdade, se assemelha ao trigo na suas fases iniciais de crescimento. Se visse os dois lado a lado plantados, não seria capaz de notar a diferença entre eles. Mas depois de um certo tempo, o joio mostra-se realmente como é. Isso pode atrapalhar muito a colheita. Por isso Jesus disse que o inimigo planta joio no meio do trigo.

O diabo tem inundado o mundo com toda sorte de imitações. E o fato de existirem imitações só confirma que há um original. Não se pode ter uma imitação a menos que haja um original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário