terça-feira, 23 de outubro de 2012

Não Há Mérito Próprio

"Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;
não por obras, para que ninguém se glorie." (Efésios 2:8-9)

Há alguns anos atrás, uma pesquisa realizada por uma revista de grande circulação descobriu que a maioria dos americanos tinha certeza que iria para o céu, mas não esperava ver seus amigos lá. A maioria dos entrevistados previu que Madre Teresa também iria e um percentual considerável ainda citou alguns políticos e celebridades que, segundo eles, certamente seriam salvos.

Infelizmente, isso mostra a confusão e o raciocínio errado envolvidos na decisão mais importante que se pode ter na vida: a decisão sobre onde passar a eternidade.

Embora isso possa vir como uma surpresa para muitas pessoas, Madre Teresa, como uma maravilhosa humanitária que foi, não tinha mais chances de ir para o céu que qualquer outra pessoa. Por que? Porque a nossa entrada no céu não é baseada no que temos feito para Deus, mas sim no que Ele fez por nós. Isso é o que importa.

Mesmo o pior dos criminosos, ao se arrepender e pedir a Deus para perdoá-lo, entrará no céu a despeito de todo o mal que tenha feito. E o melhor dos melhores, apesar de todo o bem que tem feito, não irá necessariamente  para o céu, se não colocar sua fé em Cristo como seu Salvador. Não importa o que fazemos, por mais louvável que isso possa ser. Nossa entrada no céu não tem nada a ver com boas ou más ações;  mas, tem tudo a ver com o que Jesus fez na cruz e com o nosso reconhecimento de que não podemos chegar a  Deus por nosso próprio mérito.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário