segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A Maior Escuridão de Todas

"E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes." (Mateus 25:30)

Alguma vez você já esteve num lugar escuro, mas tão escuro que não podia nem mesmo ver um palmo à frente do seu nariz? Há alguns anos atrás eu estava em Israel com um grupo, passando pelo túnel de Ezequias. Demora um certo tempo para percorrer esse canal antigo, que algumas vezes fica muito estreito e baixo. Entrei e andei poucos metros. Então disse ao grupo que iria encontrá-lo do outro lado. Era realmente muito escuro e amedrontador. Passava uma enorme sensação de confinamento.

Em algumas partes do mundo, como no Alasca, há períodos de escuridão prolongada no inverno. As pessoas, por vezes, entram em profunda depressão e até mesmo pensam em suicídio. Os médicos afirmam que precisamos de luz não só para nos fortalecermos fisicamente, mas também mentalmente. Precisamos ver o sol. E quando não estamos expostos a ele, isso afeta todos os aspectos do nosso corpo.

A Bíblia não somente compara o inferno a um "depósito de lixo" e a uma prisão, mas também o descreve como um lugar de trevas profundas. Pedro escreveu sobre aqueles que tinham os olhos cheios de adultério e eram gananciosos. Ele anunciou sua condenação, dizendo que a escuridão das trevas foi reservada para eles (ver 2 Pedro 2:14-17).

Jesus falou daqueles que seriam jogados nas trevas profundas (Mateus 8:12, 22:13 e 25:30). No entanto, não se limitou a descrever o inferno apenas como um lugar escuro, mas como sendo a escuridão em si. Isso implica que o inferno é infinitamente pior do que qualquer escuridão física, moral, mental ou espiritual que qualquer pessoa já tenha experimentado na Terra. Não é só escuridão. É a escuridão mais profunda e obscura de todas.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário