terça-feira, 4 de setembro de 2012

Falhar Preventivamente

"Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara para realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há qualquer proveito no que se faz debaixo do sol." (Eclesiastes 2:11)

Você sabia que o sucesso pode ser uma forma de fracasso? Algumas pessoas podem argumentar que o sucesso é a coisa mais importante na vida (essa pelo menos é a ênfase que o mundo dá atualmente). Mas o sucesso é mesmo a coisa mais importante na vida? Bom, isso depende da definição de sucesso que se escolha.

Muitas pessoas alcançam seus objetivos na vida, mas a que preço? Usando o engano e a traição?Abandonando princípios e sacrificando a própria integridade? Negligenciando a família e os amigos? Esquecendo-se totalmente de Deus? Nesse caso, o sucesso pode até ter sido alcançado sob um determinado ponto-de-vista, mas, de maneira geral, o que se tem é um completo fracasso.

Podemos ainda ir além do fracasso. Podemos ser bem sucedidos e nos tornarmos orgulhosos desse sucesso. Podemos ter sucesso e nos tornarmos adoradores dele, em vez de darmos o devido reconhecimento àquele que nos ajudou a obter tal sucesso. Podemos ter sucesso e nos esquecermos da mão que o dá e que o retém.

Às vezes fracassos podem ser bons, se conseguirmos aprender com os nossos erros. Sim, um erro pode ser bom... Se, com ele, aprendermos a evitar erros futuros. Após fazer algo errado e provar suas consequências amargas, ficamos aptos a dizer: "Definitivamente não quero fazer isso de novo." Isto significa colocar proteções em torno de nossas vidas e tomar medidas preventivas para não cair na mesma armadilha novamente. Com isso aprendemos alguma coisa com os nossos fracassos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário