quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sirva-se!

"Então Jesus declarou: 'Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede.'" (João 6:35)

Muitas pessoas demonstram ingratidão com relação à oferta de perdão de Deus. É como se tivessem todos os recursos do mundo e estivessem praticamente fazendo um favor a Deus ao considerar o cristianismo.

São como pessoas sentadas em um restaurante de luxo que lentamente leem o cardápio e dizem: "Eu gostaria de uma porção de Cristianismo, mas avise para não incluir perdão. Não gosto, e minha dieta também não permite. Depois vou querer um pouco desta fé aqui. Ah, e daquela outra também. Gosto de experimentar sabores diversos." Elas acham que podem optar e escolher casualmente, fazendo uma "salada celestial" em suas vidas.

Mas o cenário seria mais correto se elas estivessem no meio de um deserto, desidratadas e famintas. De repente, Deus aparece para essas pessoas. Ele monta uma bela mesa, à fresca sombra de uma palmeira em um oásis. Então, Ele as convida para entrar e comer. O preço de tal festa já foi pago. Elas só precisam entrar e festejar o banquete.

Não há outras opções. As escolhas são simples: comer e viver, ou não comer e morrer. Deus ofereceu apenas um caminho para sermos perdoados dos nossos pecados. Foi quando Ele veio à terra e andou entre nós, indo para a cruz para morrer em nosso lugar.

Não estamos fazendo um favor a Deus ao considerar Sua oferta. Em vez disso, devemos correr em direção a Ele para receber Sua oferta de perdão, antes que seja tarde demais.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário