quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Sede Espiritual

"Estendo as minhas mãos para ti; como a terra árida, tenho sede de ti." (Salmos 143:6)

Uma das características mais interessantes sobre os que vivem a vida cristã é seu estilo de vida. E há não crentes que olham para os Cristãos observando seu estilo de vida. Na verdade eu conheci a Cristo porque observava os Cristãos da minha escola. Eles se reuniam antes da aula e tinham momentos de oração. Eles carregavam suas bíblias com eles. Diziam coisas como: “louvado seja Deus!” e “Deus te abençoe”. Eles se abraçavam depois das aulas. Tinham momentos tão gostosos juntos.

Eu via uma verdadeira irmandade nesses Cristãos. Eu via amor verdadeiro, não uma imitação barata. E aquilo me intrigava, chamava minha atenção. Isso essencialmente me deixou interessado na mensagem deles.

Foi isso que aconteceu com o filho pródigo. Ele disse : “Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai [...]” (Lucas 15:17-18).

Jesus nos ensinou que como Cristãos devemos ser sal e luz neste mundo. Jesus disse: “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus" (Mateus 5:16). Mas também devemos ser sal. O que isso significa? Bem, entre outras coisas, o sal estimula a sede, e quando vivemos uma vida espiritual, estimulamos a sede espiritual na vida de outros. Eles vêem que você tem algo que eles não têm.

Nenhum comentário:

Postar um comentário