quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O Porco Pródigo

"Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; ele não pode estar no pecado, porque é nascido de Deus." (1 João 3:9)

Ouvimos a história do filho pródigo em Lucas 13, mas você já ouviu a história do porco pródigo? Isso está na Bíblia também. Pedro fala sobre um porco que foi lavado, mas depois volta a revolver-se na lama (ver 2 Pedro 2:22).

Os porcos são animais muito inteligentes. Eles se tornaram muito populares. Existe até filme sobre porco sendo premiado no cinema. E até pouco tempo atrás, o porco era um animal de estimação muito popular.

Você poderia, por exemplo, pegar um porco, lavá-lo, colocar nele um perfume agradável. Depois você poderia fazer umas peças de roupas - talvez um smoking - para o porquinho. Você poderia dar-lhe um pequeno chapéu e uma bengala. Então ambos se sentariam à mesa e desfrutariam de uma boa refeição.

Mas deixe-me lhe dizer algo: na primeira oportunidade que o porco tivesse, ele tomaria o caminho mais curto até o seu chiqueiro, porque é onde ele realmente quer estar. Por que? Porque ele é um porco. Ele quer sair com seus amigos porcos. Ele quer fazer coisas de porco. 

Agora pense nisso: um porco sempre volta ao seu chiqueiro, assim como um filho pródigo sempre voltará para a casa, porque um filho pródigo é um filho de Deus que se perdeu.

Não importa o que você fez, nem quais pecados você cometeu. Deus está pronto para perdoá-lo se você voltar para a casa do Pai. Ele sempre perdoará os seus filhos pródigos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário