sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Intervenção Divina

"Antes de ser castigado, eu andava desviado, mas agora obedeço à tua palavra." (Salmos 119:67)

Jonas era filho de Deus. Ele era um crente. Rebelde, desobediente, mas um crente. A Bíblia diz o seguinte sobre os filhos de Deus: "O Senhor disciplina a quem ama e castiga todo aquele a quem aceita como filho." (Hebreus 12:6). Porque Deus nos ama, Ele procurará chamar nossa atenção quando estivermos indo no sentido errado. Todos nós sabemos como é isso, não é mesmo? Quando estamos prestes a fazer algo que sabidamente não devemos, cria-se em nós aquele mal-estar interno, aquele senso de convicção do Espírito Santo que nos diz: "Não faça isso. Isso é errado."

Às vezes, Deus coloca mesmo obstáculos em nosso caminho. Estamos prestes a fazer algo errado e, de repente, surge alguma coisa para nos atrapalhar. E até questionamos: "Senhor, por que essa dificuldade?" E Ele responde: "É porque eu te amo. Você está prestes a cometer um erro e eu não quero que você vá no sentido errado."

Davi disse: "Antes de ser castigado, eu andava desviado, mas agora obedeço à tua palavra” (Salmo 119:67). Em outras palavras: "Antes que eu provasse o espinho da disciplina, eu fazia o que queria. Mas agora, Senhor, que Tu me disciplinaste, eu guardo a Tua palavra."

Às vezes, quando desobedecemos ao Senhor, não sofremos as consequências imediatamente. Outras vezes elas vêm rapidamente. Assim foi com Jonas.

O diabo sempre vai usar o seu pecado de maneira a condená-lo e a afastá-lo da cruz, mas o Espírito Santo irá convencê-lo do seu pecado de uma forma amorosa e atraí-lo para a cruz. Enquanto Satanás diz: "Deus nunca vai te ouvir", o próprio Deus diz: "Vinde a mim os que estão em pecado e eu os perdoarei."

Nenhum comentário:

Postar um comentário