segunda-feira, 9 de julho de 2012

Sem Desculpa

"Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca." (Marcos 14:38)

Alguma vez você já foi pego fazendo algo que não deveria estar fazendo? Um dia eu encontrei o meu filho jogando video-game, algo que ele não deveria fazer até que concluísse seu dever de casa escolar. Com uma expressão de culpa em seu rosto, ele olhou para mim e disse: "Não pude resistir a mim mesmo."

Essa é uma definição correta da tentação. Quando caímos em tentação, gostamos de culpar alguém. É como Adão apanhado em flagrante no Jardim do Éden. O Senhor perguntou: "Você comeu da árvore?" E Adão respondeu: "Foi a mulher que me deste, Senhor. Ela me fez fazer isso" (ver Gênesis 3:8-12). 

Mas a Bíblia diz que um homem é tentado quando é atraído por sua própria cobiça e então é arrastado e seduzido (ver Tiago 1:14). Você joga sozinho quando cede à tentação. O diabo pode tentá-lo, alguém pode tentar lhe arrastar, mas eles não vão ter sucesso a menos que você "caia na deles".

Arão nos dá um exemplo clássico de uma desculpa muito ruim. Lembre-se de quando Moisés subiu à montanha para receber os mandamentos de Deus. Ele confiou o povo ao seu irmão Arão. Quando Moisés voltou, ele viu as pessoas dançando nuas em torno de um bezerro de ouro. Foi quando Arão veio com esta: "Nós só jogamos o ouro no fogo e saiu este bezerro." Mas a verdade é que Arão orientou o povo a trazer suas jóias de ouro. Ele as moldou em forma de um bezerro e, em seguida, encorajou o povo a adorar a estátua.

Talvez o seu pecado tenha corrompido você. Talvez você esteja pensando em se envolver em um relacionamento pecaminoso. Talvez, por causa do seu pecado, você tenha sido vencido pela culpa. Eu quero que você saiba que há esperança, porque Deus sempre dá a Sua segunda chance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário