segunda-feira, 11 de junho de 2012

A Política de Trocas Divina

"Quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a encontrará." (Mateus 10:39)

Eu me espanto quando as pessoas dizem que estão "tentando se encontrar" e, em seguida, dizem que estão largando o casamento ou fazendo alguma mudança significativa em suas vidas. Jesus disse, porém, que quem quiser se encontrar tem que se perder.

Isso quer dizer tirar proveito da política de trocas de Deus. É um ótimo negócio. A pessoa chega com o que tem e aí troca. Diz: "Senhor, eis a minha vida. Dou-a a Ti. Dedico-a a Ti. Dou meus planos, meu futuro e meus recursos. Quero a Tua vontade mais do que a minha."

Não é nada deprimente dedicar nossas vidas a Deus. É libertador. Em troca, Ele nos dá a Sua vida. Em troca, Ele nos dá a Sua graça. Em troca, Ele nos dá o poder de sermos quem queremos ser.

Devemos então admitir ao Senhor que o problema é conosco, reconhecer que a solução é tomar a cruz diariamente e segui-Lo. Aquelas coisas que tanta gente corre atrás na vida sem parar - prazeres, felicidade, realização e sentido na vida - não são encontradas tanto por meio da busca por elas. São, antes, os belos produtos resultantes de se conhecer a Deus e andar com Ele.

Em suma, a vida centrada em Cristo deve tomar o lugar da vida centrada em si mesmo. Deus e o próximo devem vir antes de nossos próprios desejos. Parece simples, mas é profundo. E se praticarmos isso, nossas vidas irão mudar. Por fim, vamos encontrar o prazer, a realização e a felicidade que temos procurado - não por buscarmos essas coisas, mas por buscarmos a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário