terça-feira, 19 de junho de 2012

Canções Durante a Noite

"Conceda-me o Senhor o seu fiel amor de dia; de noite esteja comigo a sua canção. É a minha oração ao Deus que me dá vida." (Salmos 42:8)

Quando um culto de adoração está biblicamente fundamentado e aplicado de forma adequada, um poderoso testemunho deve ser feito, ao final, aos não-crentes. Os testemunhos entram fundo no coração das pessoas; não sei bem o que é, mas sei que é diferente de tudo que vimos em qualquer outro lugar. É especialmente destinado à igreja. 

Quando nós crentes louvamos ao Senhor, outras pessoas irão ouvir o que temos a dizer, especialmente quando souberem que estamos cantando diante de circunstâncias difíceis. Qualquer pessoa pode cantar quando as coisas estão indo bem, mas quando o chão desaparece sob os nossos pés, quando ainda continuamos cantando diante de sucessivas privações, isto é algo único para o cristão. 

Em Atos 16, lemos que Paulo e Silas foram jogados na prisão por pregarem o evangelho. À meia-noite, eles começaram a cantar louvores a Deus. Em vez de reclamar ou invocar a Deus para julgar as pessoas que tinham feito isso com eles, eles estavam louvando. Outros presos ouviram, porque eles estavam tendo um encontro real com Deus. E quando o carcereiro de Filipos viu por si mesmo, ele abriu seu coração para a verdade do evangelho.

Quando você está com dor à meia-noite, essa não é uma hora fácil para se celebrar um culto de adoração. Como diria C. H. Spurgeon, grande pregador britânico: "Qualquer tolo pode cantar durante o dia. É fácil cantar quando podemos ler as notas com a luz do dia, mas o cantor hábil é aquele que pode cantar quando não há sequer um raio de luz para ler. Canções durante a noite só podem vir de Deus. Elas não estão sob poder do homem, mas sim de Deus."

Nenhum comentário:

Postar um comentário