quarta-feira, 16 de maio de 2012

Pequeno, mas Mortífero

"Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar doma-se e é domada pela espécie humana. A língua, porém, ninguém consegue domar. É um mal incontrolável, cheio de veneno mortífero". (Tiago 3:7-8)

Há alguns anos atrás eu fui ao Rose Parade, um evento cultural dos Estados Unidos. Uma das coisas mais impressionantes que vi lá foi um homem descendo a avenida Colorado montado num búfalo. Eu nunca tinha visto algo parecido. Já vi búfalos selvagens, na natureza, mas nunca tinha visto alguém realmente montando um. Com nada mais do que um freio na face do búfalo, o 'piloto' galopava na rua em cima desse bruto animal. Foi incrível. Isso só mostra o que esse freio pode fazer.

Um cavalo controlado por esse tipo de freio pode ser muito útil, mas se o cavalo estiver fora de controle, torna-se perigoso. Da mesma forma, uma língua controlada por Jesus Cristo pode ser uma grande bênção, mas se não for controlada, pode provocar muitos danos.

Assim como um cavalo é controlado por um freio, nós somos controlados por nossas palavras. Pense nisso: uma palavra ou uma instrução podem determinar o curso de nossas vidas. Por exemplo, dizer "sim" para o que Cristo nos fala pode mudar o nosso destino eterno. Nossas palavras afetam dramaticamente o curso que nossas vidas irão tomar.

Tiago diz que a língua é "um pequeno órgão do corpo" (Tiago 3:5), o que simplesmente quer dizer que trata-se de uma pequena parte de nosso corpo, mas que pode fazer muito estrago. Podemos ver alguém muito musculoso e nos sentirmos intimidados, mas devemos estar mesmo preocupados com o pequeno músculo que habita nossa boca - a língua. Ele pode provocar mais danos do que qualquer outro.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário