segunda-feira, 28 de maio de 2012

Dar de Coração

"E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus." (2 Coríntios 8:5)

A Bíblia oferece vários exemplos de pessoas que amavam dar. No Antigo Testamento, lemos que, quando o tabernáculo estava sendo construído, os israelitas foram tão generosos e abençoados nesta ocasião que Moisés teve que lhes dizer: "Tudo bem, rapazes. Basta! Temos mais do que precisamos. Não tragam mais nada." Aquelas pessoas entenderam a bênção que há em dar.

E o Novo Testamento fala de crentes que amavam dar, e até mesmo imploravam a Paulo, para que este lhes permitisse dar. Paulo declarou sobre estes crentes: "eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos” (2 Coríntios 8:4). Ouvimos falar de pastores que imploram à sua congregação para que contribuam com dinheiro, mas esta era uma congregação que implorava para contribuir.

Então qual foi o segredo da generosidade destes crentes? Paulo menciona no verso seguinte: "E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus" (2 Coríntios 8:5). Veja que, se você dá de si mesmo a Deus, você também vai dar do seu dinheiro. Colocando de outra forma: se você não dá do seu dinheiro, você realmente dá de si mesmo?

Você pode pensar: "Bem, Senhor, tu és soberano sobre todas as áreas, exceto esta. Isso é meu, mas o resto é seu." Deus pode ter o seu dinheiro e não ter seu coração. Mas Ele não pode ter o seu coração e não ter o seu dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário