quinta-feira, 12 de abril de 2012

A Melhor Arma

“Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.” (Hebreus 4:15)

Quando Jesus foi tentado no deserto, Ele respondeu a cada tentação do inimigo, começando com as palavras: "Está escrito..."

Quando o diabo sugeriu que Jesus transformasse uma pedra em pão, Ele respondeu: "Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus" (Lucas 4:4 ACF).

Quando o diabo prometeu dar-lhe todos os reinos da terra se Jesus o adorasse, este respondeu: "Vai-te para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás o SENHOR teu Deus, e só a ele servirás (Lucas 4:8 ACF)”.

Então o diabo reagiu rápido. Ele citou as Escrituras também. O diabo conhece as Escrituras e as conhece muito bem. Obviamente, ele as coloca fora de contexto e as distorce, mas pode citá-las. Então disse: "Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, para lhe guardarem; com as mãos eles os segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’" (Lucas 4:10-11).
Jesus trouxe o contexto de volta e respondeu: "Dito está: Não tentarás ao Senhor teu Deus (Lucas 4:12 ACF)”.

Cristo enfrentou a tentação como um ser humano. Ele não usou sua posição divina para sair da situação. Quando o diabo o atacou, ele citou as Escrituras. Ele usou um fundamento que nós também podemos usar.

Portanto, quando a tentação aparece no nosso caminho, é importante que saibamos a Palavra de Deus. Deus nos deu as armas para vencermos a batalha espiritual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário