quinta-feira, 1 de março de 2012

Dialogando com o Pai

"Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará" (Mateus 6:6)

Quem é melhor exemplo de uma pessoa com vida forte e ativa de oração que o próprio Jesus Cristo? Muitas vezes nos evangelhos observamos ele se afastando dos discípulos. Eles iam dormir à noite, mas Jesus passava a noite inteira com seu Pai, orando.

Por isso que provavelmente os discípulos aproximaram-se dele um dia e perguntaram: "Senhor, ensina-nos a orar". Em outras palavras, "Temos observado você. Temos analisado sua vida e você obviamente sabe como orar. Senhor, ensina-nos a orar". Observe que eles não vieram a Ele para dizer: "Senhor, ensina-nos uma reza para usar quando estivermos em apuros." Em vez disso, disseram: "Senhor, ensina-nos a orar". Essa é uma boa postura para se ter. Devemos sempre estar abertos aos ensinamentos do Senhor.

Sua resposta foi ensinar-lhes o que chamamos de Oração do Senhor, que é breve, cobrindo o básico da oração. Há uma lição aqui. A lição é que as orações de Jesus eram curtas quando oferecidas em público. Mas quando Ele estava a sós com Deus, era diferente. Ele poderia passar a noite inteira em comunhão com o Pai. 

O quanto isso é diferente para muitos de nós. Nossas orações em público são longas. No entanto, nossas orações privadas são curtas e às vezes inexistentes. Deve ser exatamente o oposto disso. Quando você está diante do Senhor em oração, fale com Ele com todo o seu coração, mesmo que leve a noite toda!

Um comentário:

  1. sandro l s guedes2 de março de 2012 18:14

    que mensagens maravilhosas è de Deus continuem assim.

    ResponderExcluir