quarta-feira, 7 de março de 2012

A Alegria Diante Dele

"[...] O Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, partiu-o e disse: 'Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim'". (1 Coríntios 11:23-24)

Não é incrível que na noite em que o Senhor foi traído, apenas alguns momentos antes, Ele deu graças? Ele deu graças mesmo estando prestes a enfrentar um tempo terrível de sofrimento e angústia. Ele deu graças a Deus com a presciência de que seus próprios discípulos temporariamente lhe abandonariam. Ele deu graças mesmo tendo pleno conhecimento de que o homem que o trairia o faria dentro de apenas alguns instantes.

Apesar de tudo isso, Ele ainda deu graças. Como Ele pôde dar graças num momento como esse? Isso é porque Ele tinha uma meta e a única maneira de alcançá-la seria através da Sua morte na cruz. Hebreus 12:2 nos diz: "tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus." O que o manteve firme durante todo o caminho até a cruz? VOCÊ (pela alegria que lhe estava proposta). Jesus suportou tudo isso por você.

Jesus contou a história de um pastor que tinha 100 ovelhas e uma se perdeu. Assim, ele deixou as 99, foi procurar até encontrar aquela ovelha rebelde, enrolou-a em volta de seu pescoço e regressou alegremente. Há grande alegria em encontrar-se uma ovelha perdida.

A alegria que estava diante de Jesus em saber que os nossos pecados seriam perdoados com a sua morte e que ganharíamos o direito de nos aproximarmos diretamente do trono de Deus - 24 horas por dia – é o que lhe fez dar graças.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário