quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O Poder da Oração

"[...] A oração de um justo é poderosa e eficaz" (Tiago 5:16)

A Bíblia está repleta de exemplos onde orações fervorosas foram atendidas. Por exemplo, Ana não conseguia engravidar, mas o Senhor respondeu a sua oração e ela deu à luz a um menino, Samuel, que se tornou um grande profeta (cf. 1 Samuel 1:9-20).

Paulo e Silas estavam na prisão para pregar o evangelho. Mas em vez de reclamar, eles cantavam louvores a Deus. Sua situação foi revertida inteiramente por meio da oração e eles foram libertados da prisão (cf. Atos 16:22-35).

Pedro também foi preso por pregar o evangelho. A igreja se reuniu e orou e em poucas horas, suas orações foram respondidas e ele foi libertado (cf. Atos 12:5-10).

O profeta Elias orou e a chuva parou. Mais tarde, orou novamente e a chuva voltou a cair. Ele era um homem de oração e Deus respondia às suas orações (cf. 1 Reis 17 e 18).

Podemos ouvir histórias como essas e pensar: "Ah, mas essas eram pessoas de fé. Eu sou apenas uma pessoa comum. Certamente Deus não ouve a minha oração como ouvia a delas." Mas isso não é verdade. Elias era um homem de natureza exatamente como a nossa (cf. Tiago 5:17). Era um homem comum, feito de carne e osso.

O que claramente se destaca em toda a Bíblia é que a oração pode mudar radicalmente as coisas. E o mais importante: a oração pode mudar você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário