segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

As Pessoas Mais Difíceis de Alcançar

"Pois nem os seus irmãos criam nele." (João 7:5)

É interessante notar que nem Tiago nem qualquer outro irmão de Jesus acreditavam nEle antes de Sua ressurreição. Em certo ponto, a Bíblia nos diz, eles tentaram levá-Lo para casa, pensando que Ele estava louco. Sua própria família não havia aceitado o fato de que Jesus era o Messias.

Imagine se você fosse Maria e José. Quão tentador seria falar para as crianças: “Por que vocês não podem ser como seu irmão Jesus? Ele nunca faz nada errado.”

“Mas mãe, ele é perfeito. Eu não sei o que há de errado com ele.”

Na defesa de Tiago, entretanto, podemos ver como era difícil para ele aceitar que alguém com seu sangue fosse o próprio Messias de Israel. Foi apenas quando seus olhos se abriram espiritualmente que ele pôde ver que seu irmão era mesmo o Senhor. Foi a ressurreição que mudou a cabeça de Tiago, pois 1 Coríntios 15 diz “foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e apareceu a Pedro e depois aos Doze [...] Depois apareceu a Tiago e, então, a todos os apóstolos” (versos 4-7).

Isso nos mostra que viver uma vida perfeita e sem falhas não é suficiente para convencer alguém da verdade do evangelho. Afinal de contas, quem viveu uma vida mais perfeita que Jesus? Ele nunca pecou, em nenhum aspecto. Mas como o próprio Jesus falou, “Só em sua própria terra e em sua própria casa é que um profeta não tem honra" (Mateus 13:57). Esse é só um lembrete de que as pessoas mais difíceis são aquelas que são mais próximas, especialmente nossos familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário