sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Alegria em Momentos Difíceis

"Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados." (Hebreus 12:11)

Você já esteve no "fundo do poço"? De repente - e sem aviso - problema após problema surge em sua vida. E quando parece não haver mais esperança, como se não houvesse saída, as coisas melhoram.

Por que Deus permite que aconteçam tais calamidades em nossas vidas como cristãos? Por que Deus permite a tragédia na vida cristã? Por que existem provações? O livro de Tiago aborda tais questões em seu primeiro capítulo. A primeira coisa que nos diz é: "Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações" (v. 2)

Que tipo de coisa dá para dizer a alguém que está sofrendo? É como dizer para alguém com dificuldades: "Não se preocupe, seja feliz! (don't worry, be happy!)". É isso que Tiago nos diz? Sim e não. Ele nos encoraja a nos alegrarmos. Há uma razão para isso.

Tiago não sugere que devemos necessariamente estar transbordando alegria e felicidade em nossos momentos de dificuldade. Nem exige que necessariamente desfrutemos das provações em nossas vidas. Ele não diz que provações em si são motivos de felicidade, pois normalmente não são. Mas Tiago diz: "considerem motivo de grande alegria..." Ele diz: "Tome, deliberadamente, a decisão de experimentar a alegria em seus problemas e provações." Não é fácil, mas é possível.

Como você pode notar, há lições a serem aprendidas durante os tempos de provação. E há lições que só podem ser aprendidas em tais momentos. Apenas lembre-se que esses momentos não vão durar para sempre.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário