quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O Espelho da Lei de Deus

"Assim, a lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé." (Gálatas 3:24)

A lei de Deus é como um espelho moral. Algumas pessoas realmente gostam de espelhos. Elas estão sempre à procura deles. Quando dirigem, apontam seus retrovisores para si, ao invés de apontá-los para a estrada. Se estiverem em um restaurante que tem um espelho na parede, querem se sentar de frente para ele, para poderem olhar para si mesmas. Elas nunca perdem a oportunidade de olhar rapidamente para si mesmas quando um espelho está por perto.

Por outro lado, alguns de nós não gostam muito de espelhos. Na verdade, chegamos a ter antipatia por espelhos, especialmente pela manhã.

Um espelho reflete sua imagem, e isso não é necessariamente uma coisa ruim. Por exemplo, imagine que você está saindo de um restaurante em seu caminho de volta ao trabalho e você percebe que todo mundo sorri para você. Você pensa: "Sinto-me bem. Todos gostam de mim". Então você tem uma visão rápida de si mesmo em um espelho, e descobre porque é que eles estão sorrindo. Você não apenas comeu o seu almoço. Você está levando ele consigo, no seu queixo! É embaraçoso, mas é melhor que você tenha visto no espelho e resolvido o problema a ter que passar o resto do dia com o almoço no queixo. O espelho lhe mostrou algo sobre si mesmo que precisava ser corrigido.

Da mesma forma, quando olhamos para o espelho da lei de Deus, vemos que grandes mudanças precisam ocorrer. Também percebemos que não podemos manter aquilo que vemos, então esse espelho nos leva a Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário